Brasília Amapá |
Manaus

Trairagem: após tentar dar “pernada” em Wilson Lima, Pauderney Avelino é exonerado da Sedecti

Compartilhe
Urgente: após tentar dar "pernada" em Wilson Lima, Pauderney Avelino é exonerado da Sedecti

Amazonas – Na tarde desta quarta-feira (17), o engenheiro e ex-deputado federal Pauderney Avelino foi exonerado do cargo de titular da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti). A exoneração de Pauderney Avelino ocorre após uma manobra polêmica realizada por ele no partido União Brasil, que abriga o governador do Amazonas, Wilson Lima, e possui a maior bancada na Assembleia Legislativa do estado (Aleam).

No dia 26 de abril, Pauderney promoveu uma convenção partidária na qual alterou todo o diretório estadual da legenda, excluindo qualquer membro ligado ao governador Wilson Lima. Além disso, o ex-secretário também nomeou pelo menos dois membros da executiva do partido que apoiaram o senador Eduardo Braga (MDB) nas eleições do ano passado.

A repercussão dessa movimentação no União Brasil foi imediata, e nesta mesma quarta-feira o juiz José Renier da Silva Guimarães concedeu a suspensão dos efeitos da reunião que redefiniu o novo diretório do partido no Amazonas. A ação foi movida por um grupo de deputados, incluindo Sérgio Paulo Monteiro Litaiff Filho, Joana Darc dos Santos Cordeiro, George Augusto Monteiro Lins de Albuquerque, Adjuto Rodrigues Afonso, Rodrigo Costa de Lima, Roberto Maia Cidade Filho, Mario Cesar Rodrigues Balduino, Fausto Vieira dos Santos Junior e Saullo Velame Vianna.

O juiz determinou uma multa de R$ 5 mil em caso de descumprimento da decisão, evidenciando a gravidade do caso. A revelação desse episódio ocorreu em primeira mão pela coluna Corredores do Poder, do Laranjeiras.News.

Com a exoneração de Pauderney Avelino e a suspensão da reunião que redefiniu o diretório do União Brasil, o cenário político do Amazonas passa por mais uma reviravolta, com reflexos importantes nas relações de poder e nas futuras estratégias partidárias. Resta aguardar os desdobramentos e as manifestações das partes envolvidas, enquanto a situação no partido e no governo estadual se reorganiza após essa contenda.


Siga-nos no Google News Portal CM7