Manaus 32º
domingo - 29 de maio de 2022

Prefeito de Eirunepé vira “marqueteiro” de Omar Aziz desviando cestas básica doadas pelo Estado

Compartilhe
Prefeito de Eirunepé usa cestas básica doadas pelo Estado para virar "marqueteiro" de Omar Aziz

Brasil – No último sábado (28), a prefeitura do município de Eirunepé realizou um evento onde foram entregues diversas cestas básicas à população. Entretanto, o prefeito Raylan Barroso (DEM) se aproveitou do momento de necessidade dos moradores para anunciar a chegada do pré-candidato ao senado Omar Aziz em frente à prefeitura do município, fazendo propaganda às custas de cestas básicas recebidas com recursos do Governo Estadual.

O Governador Wilson Lima havia atendido, de boa fé, o pedido da demanda da prefeitura há semanas e encaminhou 6 mil cestas básicas para a região que deveriam ser entregues urgentemente, mas o prefeito de Eirunepé, ao invés de entregá-las logo para a população, esperou a chegada do senador da “Maus Caminhos” para fazer uma “grande festa de recepção”, com aspecto de propaganda eleitoral e compra de votos antecipada, que certamente deveria ganhar atenção das autoridades públicas e ser investigada.

O pior, é que nas redes sociais, o prefeito Raylan ainda teve a audácia de citar e agradecer o Governo do Estado do Amazonas, que atendeu a demanda pensado na população que sofreu com as cheias. Próximo da entrega das cesta básicas, o prefeito Raylan usou suas habilidades de marqueteiro e também entregou o título de “Cidadão Eirunepeense”, ao senador da “Maus Caminhos, momento registrado na própria rede social de Omar Aziz.

Reunião e ameaça de demissão de servidores

Fontes do municío denunciaram com exclusividade ao portal e TV CM7 Brasil que o atraso das cestas básicas foi totalmente proposital. Inclusive, com o prefeito Raylan convocando reunião e coagindo as secretarias e servidores a apoiarem as ações para Omar Aziz. Quem faltasse esta reunião ou não compactuasse com a ordem, perderia automaticamente o emprego.

Além da ação do prefeito Raylan incorrer em suspeita de crime, é também uma baita ‘facada nas costas’ do Governo do Estado, que é constantemente atacado pelo senador Aziz.

 

Cestas básicas “sumiram” e estão servindo como progaganda

O governador Wilson Lima fez a doação de 6 mil cestas de alimentos. O estranho é que essas cestas já haviam chegado há um tempo no município, entretanto, por uma estratégia política, o prefeito Raylan Barroso resolveu entregar essas cestas somente no dia da chegada de Omar ao município. Das 6 mil cestas de alimentos, foram entregues apenas 2500 cestas, e o restante permanece guardado para a próxima fase da estratégia do prefeito: o período eleitoral. A população passa fome, enquanto o prefeito brinca de “marqueteiro político”.

Em um dos eventos que foram feitos, o prefeito convocou todos os funcionários públicos à participarem de uma reunião que acontecia em sua casa. Os funcionários que não comparecessem a reunião seriam demitidos de seus cargos, segundo relatos de funcionários que se sentiram coagidos e intimidados.

As perguntas que não calam agora são: quando o prefeito irá entregar o restantes das cestas? E porque ele não entregou todas as 6 mil cestas aos necessitados? Onde estão os vereadores para fiscalizar? Por que estão calados, sem lutar pela população?

Raylan Barroso: o rei da propaganda eleitoral irregular

Em 2021, o promotor do Ministério Público Eleitoral no Amazonas (MPE-AM), Elvys de Paula Freitas, deu parecer favorável ao pedido de cassação do prefeito de Eirunepé, Raylan Barroso (DEM), reeleito em 2020 com 9.021 votos. O gestor foi acusado de ter feito propaganda eleitoral irregular e abuso de porder econômico, no período das eleições, nas redes sociais da Prefeitura de Eirunepé.

Com auxílio de informações via Jornal NP AM / Amazonas Atual

Vitória Supermercados