Manaus 32º
sexta-feira - 10 de dezembro de 2021

De pessoas comuns até donos de portais: Omar Aziz processa mais de 80 pessoas que o criticaram na web

Compartilhe
"Censurador": Omar Aziz já processou mais de 80 pessoas comuns que o criticam nas redes sociais

Manaus – Em coletiva de imprensa na manhã desta terça-feira (9/11), o deputado estadual Fausto Jr. (MDB) revelou que o senador Omar Aziz já processou em torno de 80 pessoas comuns que o criticaram nas redes sociais.

Além disso,  o deputado Fausto deu seu relato de que Omar tem o péssimo hábito de “atacar a família das pessoas que se rebelam contra as más práticas dele”. O parlamentar também relata vir sofrendo ameaças anônimas de morte desde sua participação como relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde no Amazonas na CPI da Pandemia no Senado, no qual Aziz presidiu.

Omar processa cidadãos comuns

O senador Omar Aziz tem processado cidadãos comuns que tem se manifestado contra as más práticas do político, foi o que relatou o dep. Fausto Júnior após receber uma denúncia de um cidadão que recebeu um processo de Aziz.

“Eu quero aqui relatar um fato que muito me assuntou: uma pessoa completamente anônima, que não tem nenhuma ralação com a política, fez um comentário na minha rede social, no caso o Facebook, mostrando o descontentamento dela com uma ação do senador Omar Aziz. Essa pessoa também foi vítima de um processo !  Toda pessoa que se insurgir, que mostrar o seu descontentamento para o senador Omar Aziz, ele está processando ! Ele processou já mais de 80 pessoas e isto como pessoa pública é lamentável ! Porque no momento em que nós aceitamos disputar uma eleição, nós temos que encarar a sociedade”, relatou o deputado Estadual.

Ataca a família e depois processa na Justiça

O deputado Fausto Jr. detalhou a estratégia de como tem atuado o senador Omar Aziz para retaliar e censurar aqueles que denunciam as suas más práticas.

“É impossível nós falarmos da Saúde no Estado do Amazonas, sem falarmos na Operação ‘Maus Caminhos’, sem falarmos em tantos desvios que aconteceram no nosso Estado. Eu ter falado sobre isso foi motivo de retaliações, de uma tentativa de criar um discurso fantasioso para atacar a minha família – pois é dessa forma que sempre atuou o senador Omar – agora que ele tá me atacando por meio da Justiça! Mas primeiro ele ataca a minha mãe, a minha noiva, a minha irmã, meu pai, meus tios… Ele ataca a família da pessoa. Não existe respeito pela família. Não existe respeito para que a gente possa entrar numa sala de debate.” , revelou o deputado Fausto Júnior.

Confira relato:

 



Vitória Supermercados