Brasília Amapá |
Manaus

Comitê de Combate à Corrupção pede que MP investigue repasses milionários feitos ao Amazonas FC via emendas parlamentares

Compartilhe

Amazonas – O Comitê de Combate à Corrupção apresentou ao Ministério Público do Amazonas(MP-AM), por meio do procurador-geral de Justiça do Amazonas, Alberto Nascimento, pedido de fiscalização extraordinária nos repasses milionários do orçamento estadual, via emendas parlamentares, para o time Amazonas FC.

O Comitê recebeu, no dia 04 de junho, denúncia com matérias jornalísticas e prints da página do portal de transparência do governo do Estado sobre a destinação de R$ 15 milhões do orçamento do governo estadual, por meio de emendas parlamentares, sendo que R$ 3,5 milhões já foram pagos fruto de emendas da deputada estadual Joana Darc (União Brasil).

Para o Comitê, “existem, portanto, R$15 milhões de reais destacados do orçamento estadual para um clube privado de futebol, o que requer maior acompanhamento dos órgãos de fiscalização do Estado”.

“O Comitê pede, com o devido amparo no artigo 5º e no artigo 37 da Constituição de 1988 [princípios da administração pública], além da preocupação com a eficácia na destinação do dinheiro público, que o MP realize uma fiscalização extraordinária junto ao Amazonas Futebol Clube para identificar a efetivação dos recursos públicos já pagos e os projetos do clube de futebol desenvolvidos com verbas de emenda parlamentar”, diz trecho.

Amazonas FC já se manifestou anteriormente sobre o caso e afirmou que os recursos foram solicitados de deputados estaduais para custear projeto de escolinhas esportivas no interior.

*Com informações do AM Post*.


Siga-nos no Google News Portal CM7