Manaus 27º
quinta-feira - 24 de março de 2022

YouTube vai remover vídeos com fake news de 2018 que possam impactar eleições de 2022

Compartilhe
YouTube vai remover vídeos com fake news de 2018 que possam impactar eleições em 2022

Brasil – O YouTube anunciou nesta terça-feira (22/3) que vai remover vídeos com desinformação sobre as eleições de 2018 em nova política de privacidade voltada para evitar desinformação no pleito deste ano. Em outubro, o Brasil passa novamente por eleições presidenciais e a plataforma está se antecipando para evitar notícias falsas.

O Brasil foi incluído na mesma regra adotada nos Estados Unidos em 2020 e na Alemanha em 2021. Conforme informações de Olhar Digital, serão excluídos vídeos com “informações falsas sobre fraude generalizada, erros ou problemas técnicos que supostamente tenham alterado o resultado de eleições anteriores, após os resultados já terem sido oficialmente confirmados”.

YouTube nas eleições 

A empresa ainda inclui na regra vídeos que tentam enganar eleitores na hora da votação, com informações falsas sobre horários e locais de voto.

O YouTube fechou uma parceria com o TSE para promover conteúdo eleitoral confiável. O site disse que vai montar painéis com informações de fontes seguras e evitar a recomendação de vídeos duvidosos. “Ajustamos o sistema de recomendações para diminuir a visualização de vídeos que chegam perto de violar as diretrizes da comunidade. Nosso objetivo é manter as visualizações de recomendações para conteúdo duvidoso abaixo de 0,5%”, disse o site.

Vitória Supermercados