Brasília Amapá |
Manaus

PL lança nota após retaliação do TSE e diz que irá adotar medidas para defender liberdade dos brasileiros

Compartilhe

Brasil – O Partido Liberal, sigla ao qual o presidente da Jair Bolsonaro é filiado, divulgou nota na manhã desta terça-feira (29), na qual afirma que vai adotar todas as medidas para preservar o direito à livre atividade partidária e outras liberdades previstas na Constituição Federal.

O PL se refere à decisão do presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes, que bloqueou quase R$ 14 milhões encontrados nas contas do partido, como forma de recolher pelo menos parte da multa de R$ 23 milhões, por litigância de má-fé, na ação em que o partido apresentou uma auditoria que constatou irregularidades em 280 mil urnas.

Veja nota:

“O Partido Liberal vai adotar todas as medidas adequadas para preservar a liberdade, o direito à livre atividade parlamentar e partidária, o direito à liberdade de expressão e, mais ainda, o direito constitucional e democrático de contestar decisões judiciais sem sofrer qualquer retaliação.” O PL não informa nenhum detalhe das medidas que serão adotadas.

Siga-nos no Google News Portal CM7