Brasília Amapá |
Manaus

Em rede social, Moro questiona endereço “Lula Livre” salvo no e-mail de um dos criminosos do PCC

Compartilhe

Brasil – O ex-ministro da Justiça, senador Sérgio Moro (União Brasil-PR) questionou, em postagem no Twitter, o fato de um dos criminosos do PCC ter o endereço de e-mail chamado “lulalivre1063” salvo em seu celular, segundo a investigação da Justiça.

“Gostaria de entender por que um dos criminosos do PCC, investigado no plano de sequestro e assassinato, utilizava como endereço de e-mail lulalivre1063?”, questionou Moro em publicação no Twitter.

Durante a investigação, a Polícia Federal descobriu o endereço de e-mail cadastrado na linha telefônica utilizada por criminosos do PCC que pretendiam realizar ataques contra o próprio ex-ministro e a servidores públicos, incluindo outras autoridades.

 


Siga-nos no Google News Portal CM7