Brasília Amapá |
Manaus

Denúncia: Diego Afonso é acusado de manter ex-vereador como ‘funcionário fantasma’ na Suhab

Compartilhe

Manaus – Funcionários efetivos da Superintendência de Habitação (SUHAB) denunciaram o ex-vereador Danizio Elias Souza, conhecido como Dante, por supostamente ser um “funcionário fantasma” vinculado ao vereador Diego Afonso, do partido União Brasil. As acusações apontam que Dante desempenharia funções na pasta em nome da Família Afonso, sem comparecer ao trabalho há meses.

Conforme registros do Diário Oficial do Estado (DOE), Dante foi nomeado pelo titular da SUHAB, Jivago Afonso Rodrigues de Castro, em maio de 2023, no mesmo período em que foi desligado de um cargo na Câmara Municipal de Manaus (CMM). Segundo as denúncias, sua presença no local de trabalho é rara e, quando comparece, está sempre acompanhado do vereador Diego Afonso, parente de Jivago e ex-superintendente da Suhab.

Imagens divulgadas nas redes sociais mostram Jivago e Diego discutindo projetos relacionados à pasta habitacional, reforçando os indícios de vínculo entre Dante e a Família Afonso.

 

A proximidade entre os Afonsos e Danizio remonta a anos anteriores, evidenciando uma longa relação de nomeações e proteção mútua. Inclusive, nas redes sociais, é possível ver registros de uma das viagens de Dante pelo Brasil.

Dante, ou Danizio, possui um extenso histórico político, tendo atuado como assessor de Arthur Bisneto de 2002 a 2011 e como Subsecretário de Habitação e Assuntos Fundiários do Município de Manaus de 2012 a abril de 2016. Posteriormente, assumiu como suplente na Câmara Municipal de Manaus em 2017 e foi Secretário Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania em 2018.

A estreita relação com a família Afonso se consolidou durante o período em que Dante atuava como parlamentar da situação na gestão do prefeito Arthur Virgílio Neto. Após a derrota nas eleições, sem um cargo eletivo, Dante teria recorrido aos amigos para garantir sua permanência, obtendo um cargo no Estado com vencimentos superiores a R$4 mil.


Siga-nos no Google News Portal CM7