Manaus 32º
terça-feira - 16 de novembro de 2021

Conselheiro Érico Desterro vence eleição e volta à presidência do TCE do Amazonas

Compartilhe

MANAUS —  Na manhã desta terça-feira (16), o conselheiro Érico Desterro foi eleito a presidente do TCE-AM (Tribunal de Contas do Amazonas) para o biênio 2022/2023. A conselheira Yara Lins foi eleita como vice-presidente, o conselheiro Josué Cláudio Neto como ouvidor-geral e Ari Moutinho como corregedor-geral.

O conselheiro Júlio Cabral, que seria o próximo na fila de revezamento para presidir o órgão, confirmou a retirada do nome do pleito no início da eleição como já havia comunicado em setembro. Ele estava impedido de participar do pleito para vice-presidente, conforme anunciou Mário de Mello.

Durante o evento, sete integrantes estavam aptos para votar. Na eleição para presidente, Érico recebeu seis votos enquanto Júlio Pinheiro, apenas um. Para vice, Yara teve cinco votos, enquanto Érico e Josué, um cada. Para o cargo de corregedor, Ari recebeu cinco votos e Júlio apenas dois. Na disputa pelo cargo de ouvidor, Josué Neto teve cinco votos enquanto Júlio Pinheiro e Yara, um cada.

Érico Desterro retorna ao comando do TCE-AM após nove anos com a maioria dos votos. No caso de Yara Lins, ela presidiu o Tribunal de Contas do Amazonas no biênio 2018/2019. Ari Moutinho também foi presidente do órgão entre 2016 e 2017.

 

 

Vitória Supermercados