Manaus 32º
terça-feira - 14 de junho de 2022

Caso Olímpio Jr: familiares da vítima relembram reunião do vereador de Tabatinga com Arthur horas antes do atentado

Compartilhe

Polícia – Trinta dias após o assassinato do vereador de Tabatinga (distante a 1.105 quilômetros de Manaus), Olímpio Guedes Olavo Júnior, que tinha 30 anos, a mãe do falecido parlamentar, Aldenora Magalhães, recorda que o filho esteve reunido horas antes da morte com o pré-candidato ao senado Arthur Virgílio Neto (PSDB). 

Segundo relatos da mãe da vítima, horas antes de ser baleado, o vereador de Tabatinga esteve reunido com o tucano para fechar uma possível aliança e no dia seguinte iria ter uma reunião também com o pré-candidato ao Governo do Estado Amazonino Mendes, mas devido à fatalidade não chegou a reunir com o cacique. 

O também vereador Testa (PSL) esteve presente na reunião e foi uma das últimas pessoas que acompanhou o vereador e advogado até o Hospital, onde ficou por dois dias lutando pela vida.

Familiares acreditam que a morte de Olímpio Júnior esteja relacionado à perseguição política. 

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) segue investigando o caso, mas até o momento ninguém foi preso. 

Leia também:

Bomba! Ex-prefeito Arthur Virgílio é acusado de ‘suposto’ pagamento R$ 500 mil por laudo para livrar Alejandro de prisão

Vitória Supermercados