Manaus 32º
segunda-feira - 7 de fevereiro de 2022

Cara a cara com Bolsonaro, Alexandre de Moraes fica em silêncio por 9 minutos

Compartilhe
Cara a cara com Bolsonaro, Alexandre de Moraes fica em silêncio por 9 minutos

Brasil – O ministro Alexandre de Moraes ficou em silêncio durante o encontro com Bolsonaro, nesta segunda-feira (7), no Palácio do Planalto. O presidente da República o cumprimentou na chegada e se despediu dele na saída.

Coube ao ministro Edson Fachin conduzir a conversa. Jair Bolsonaro recebeu o convite para acompanhar a cerimônia posse no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Fachin será presidente, e, Moraes, vice.

Fachin explicou que ficará no cargo por seis meses e, em setembro, Moraes assume a presidência do TSE.

Dentro do gabinete do presidente, o encontro durou nove minutos. Foi uma reunião, segundo os participantes, “rápida, institucional, protocolar e cerimoniosa”.

Na reunião, Fachin afirmou que seu mandato será curto e que buscará a segurança das eleições. O ministro afirmou querer passar a “casa arrumada” para Alexandre de Moraes, que assume a Corte em agosto, pouco antes das eleições.

Convite

O presidente agradeceu o convite mas não disse se irá à posse, que será virtual. Se ele viajar mesmo para Rússia, como está previsto, não deve participar.

Além de Bolsonaro e dos dois ministros do Supremo, estavam na sala os ministros Bruno Bianco (Advocacia-Geral da União) e Braga Netto (Defesa), os três comandantes das Forças Armadas e Vicente Santini, representando o ministro da Justiça, Anderson Torres, que não compareceu.

Braga Netto e os comandantes estavam de saída de uma audiência com o presidente e foram convidados a permanecer.

Vitória Supermercados