Brasília Amapá |
Manaus

Pela 1º vez na história, dupla do Comando Vermelho consegue fugir de Presídio Federal

Compartilhe
Pela 1º vez na história, dupla do Comando Vermelho consegue fugir de Presídio Federal

Brasil – Na madrugada desta quarta-feira (14), dois detentos conseguiram fugir da Penitenciária Federal de Mossoró (RN). Esta é a primeira fuga registrada na história do sistema penitenciário federal, que administra cinco presídios de segurança máxima.

Os fugitivos foram identificados como Rogério da Silva Mendonça, de 36 anos, e Deibson Cabral Nascimento, 34 anos, também conhecido como “Tatu” ou “Deisinho”. Ambos são do Acre e têm conexões com o Comando Vermelho, facção de Fernandinho Beira-Mar, que também está preso na unidade.

O governo do Rio Grande do Norte confirmou a ocorrência. Ainda não há detalhes sobre como os criminosos fugiram. Agentes penitenciários, policiais militares e policiais federais estão atuando nas buscas desde o início da manhã.

Ambos os fugitivos têm vínculos conhecidos com o Comando Vermelho, uma facção notória com ligações ao infame Fernandinho Beira-Mar, também encarcerado na unidade de Mossoró. A dupla foi transferida para lá em decorrência de sua participação em uma rebelião no presídio Antônio Amaro Alves, no Acre, ocorrida em julho de 2023.

A fuga sem precedentes gerou um clamor por respostas e medidas imediatas de segurança. O Sistema Penitenciário Federal, conhecido por sua reputação de disciplina e procedimento, agora enfrenta o desafio de lidar com esse revés significativo em sua história. Autoridades federais ainda não emitiram declarações sobre o incidente.

O secretário recém-nomeado para a Secretaria Nacional de Políticas Penais, André Garcia, está a caminho do Rio Grande do Norte com uma equipe para lidar diretamente com a situação. Enquanto isso, as forças de segurança do estado e a Secretaria de Administração Penitenciária estão colaborando nas operações de busca e recaptura.


Siga-nos no Google News Portal CM7