Brasília Amapá |
Manaus

Homens são presos por estupr0 de vulnerável e violência doméstica no Amazonas

Compartilhe

Amazonas – Três homens foram presos por estupro e outros dois por violência doméstica, durante ações realizadas pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), por meio da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), no fim de semana (de 15 a 17 de setembro). As prisões aconteceram em zonas distintas de Manaus e no município de Iranduba (a 27 quilômetros da capital).

Manaus

De acordo com relatório do Centro Integrado de Operações de Segurança (CIOPS), por volta das 11h, no bairro Novo Aleixo, zona norte de Manaus, um homem, de 37 anos, foi preso por policiais militares da 27ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), após cometer ato de estupro de vulnerável contra a própria sobrinha, de 19 anos de idade.

Conforme relatos da equipe policial, o homem cometia o crime desde quando a vítima tinha 12 anos. No sábado (16/09), ele tentou cometer o ato novamente. Após confessar o crime, ele foi encaminhado para a Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (DECCM).

Ainda no sábado, no bairro Cachoeirinha, zona sul, por volta das 5h, policiais militares da 1ª Cicom prenderam um idoso, de 67 anos, após receberem a denúncia de que ele estaria “passando” a mão nas partes íntimas de uma criança de 11 anos de idade.

Após a coleta das informações, a equipe se deslocou até o local informado e encontrou o suspeito, que foi encaminhado para Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA).

No domingo (17/09), no bairro Redenção, zona centro-oeste, policiais militares da 17ª Cicom prenderam um homem de 30 anos, por volta de 10h20, por agredir a própria companheira. Na ocasião, ele utilizou um cabo de vassoura e ainda tentou furá-la com uma faca de cozinha.

Conforme relato da equipe, durante a abordagem foi constatado um mandado de prisão em aberto contra ele, pelo crime de roubo. O suspeito foi encaminhado à Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (DECCM).

Iranduba

No Iranduba, por volta de 10h do sábado (16/09), um homem de 56 anos foi preso por estupro de vulnerável cometido contra uma criança de 12 anos. A prisão dele foi efetuada após denúncia da mãe da vítima.

Aos policiais, a mulher informou que o homem havia estuprado sua filha há sete dias e que ele estava em uma casa de farinha, no Cacau Pirêra.

A equipe foi ao local indicado pela denunciante e encontrou o homem. Ele foi apresentado na 31ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) para os procedimentos cabíveis.

Ainda no Iranduba, na madrugada desta segunda-feira (18/09), um homem, de 36 anos, foi preso após denúncia de supostamente agredir uma mulher, de 46 anos, com socos nos ombros e nas costas. A equipe que atendeu a ocorrência fez a abordagem e não achou nada com o suspeito, que foi encontrado em frente à igreja onde a vítima se abrigou pedindo socorro. O caso aconteceu no bairro Morada do Sol.

O suspeito e a vítima foram encaminhados à 31ª Delegacia de Iranduba.


Siga-nos no Google News Portal CM7