Manaus 32º
domingo - 17 de abril de 2022

Cadeirante morre no hospital após ser metralhado em Manaus

Compartilhe

Manaus – O cadeirante Anderson Hidalgo Tavares, 37, morreu no Hospital João Lúcio após ser baleado enquanto estava em uma rua do Conjunto Ouro Verde, no bairro Coroado, Zona Leste.

No momento do ataque, Anderson e os amigos estavam bebendo na Travessa Verão, por volta das 18h15, quando um carro com desconhecidos parou na frente deles e começou a atirar.

Os homens saíram correndo, mas Anderson ficou para trás e foi baleado várias vezes na cabeça e no tórax. Ele foi socorrido ainda com vida e levado para a unidade hospitalar.

Porém, não resistiu aos ferimentos e morreu por volta das 19h10. Os criminosos responsáveis pelo homicídio fugiram e até o momento não foram identificados.

Vitória Supermercados