Manaus 29º
sexta-feira - 22 de abril de 2022

Comitiva da educação vistoria reforma em escolas da Semed

Compartilhe
Comitiva da educação vistoria reforma em escolas da Semed

Manaus – A Prefeitura de Manaus realizou, nesta sexta-feira, 22/4, uma vistoria em quatro escolas da Secretaria Municipal de Educação (Semed), que recebem algum tipo de reforma. A ação foi acompanhada pela titular do órgão, professora Dulce Almeida, que segue as diretrizes do prefeito David Almeida, em transformar a educação da capital amazonense na melhor do Brasil, e por isso, aproveitou o ponto facultativo para visitar as unidades de ensino e pedir celeridade ao andamento das obras.

A Escola Municipal Antônia Alexandrina, na Cidade Nova, foi a primeira a receber a visita. Na oportunidade, a secretária reforçou o compromisso em colocar as crianças de volta às salas de aula o quanto antes.

“Eu fui procurada através das minhas redes sociais sobre a ausência das crianças nas salas de aulas, devido as reformas em vários prédios, e o atraso das obras. Há justificativas para o atraso, mas questões climáticas não podem ser impedimentos. O prefeito David Almeida quer celeridade e respostas. Criança tem que estar na escola e nós estaremos acompanhando de perto e cobrando para que sejam entregues dentro dos prazos”, pontuou a secretária.

Segundo a gestora da escola, Karen Dinelly, a reforma foi muito esperada pela comunidade, uma vez que existe há 34 anos e precisa de melhorias para atender os alunos.

“Nós fomos contemplados com essa reforma, a qual já era esperada há bastante tempo e assim poderemos oferecer um lugar mais apropriado aos alunos e a todos os profissionais que aqui atuam”, declarou.

A previsão de entrega dessa escola é de 90 dias. No entanto, os alunos vão ser realocados para outras escolas próximas, isso tudo em acordo com os pais ou responsáveis.

Vistoriadas

A segunda unidade a ser visitada foi a Escola Municipal Cláudio Dalbon, na zona Norte, que atende alunos do 1° ao 5° ano. As obras estão bem adiantadas e o prédio deve ser entregue dentro de 40 a 50 dias.

O mutirão seguiu, ainda na zona norte, até à Escola Municipal Raul de Queiroz Menezes Veiga, que estava abandonada há quatro anos, segundo relatos. A unidade atende alunos do 1° ao 9° ano.

A determinação da secretária é que as aulas presenciais voltem em 10 dias. Além disso, ela sugeriu à gestão da escola que abrisse vagas para alunos do EJA ou Projovem, no turno noturno.

“Vamos fazer um trabalho de recuperação muito forte para não prejudicar ainda mais o aprendizado das crianças, as quais já tiveram perdas pedagógicas devido a pandemia”, disse a secretária Dulce, determinando ainda, que nenhuma escola vai parar sem passar por sua análise e aprovação.

Zona Rural

Finalizando as visitas na zona urbana, a secretária Dulce Almeida foi conferir de perto as obras na Escola Municipal Ester, localizada na BR-174, a qual devido a pandemia, as aulas acontecem de modo remoto, e por causa da reforma em toda a estrutura do prédio, ainda não voltaram de forma presencial neste ano.

No entanto, a secretária, sensível à qualidade do ensino, conversou com os engenheiros e os trabalhadores para que acelerem o trabalho e para que as crianças voltem às salas de aula até o meio do ano.
“Estou assumindo o compromisso, em nome do prefeito David, com a DDZ Rural, com os alunos, responsáveis e toda à comunidade, isso aqui vai virar um complexo maravilhoso, com quadra poliesportiva, biblioteca e horta. Até o meio do ano nossas crianças terão aulas presenciais”, ressaltou.

Vitória Supermercados