Manaus

Querendo matar o povo de fome, Wilker Barreto tenta acabar com o programa ‘Peixe no Prato’

Compartilhe

Amazonas – Desdenhando da fome do povo amazonense, que por sinal o elegeu, o deputado estadual Wilker Bareto (Cidadania) acionou o Ministério Público Eleitoral contra o programa social ‘Peixe no Prato’, do Governo do Amazonas. O deputado diz o projeto social busca promover seus adversários políticos, ignorando a benfeitoria que o programa é para o povo. 

De acordo com os documentos que o Portal CM7 Brasil teve acesso, Wilker Barreto afirma que durante a distribuição 13 toneladas de pescados, ocorrida no dia 12 de abril no bairro Jorge Teixeira, na zona Leste de Manaus, houve desvio do alimento. Sem provas concretas, o deputado diz que os peixes foram entregues no escritório do deputado estadual Saullo Viana, supostamente para a autopromoção dele. 

Wilker cria teorias da conspiração para justificar a boa gestão do Governo do Amazonas, a fim de descredibilizá-la por interesses pessoais, ignorando o fato de que automaticamente prejudica o povo que precisa das políticas públicas. 

O parlamentar pede para que o caso seja investigado e que o governador Wilson Lima e o deputado estadual Saullo Viana sejam punidos por, pelo que somente ele acredita, ser uma suposta propaganda eleitoral antecipada. No fim de tudo, quem sai perdendo é a própria população.

Veja documento: