Brasília Amapá |
Manaus

Prefeito Dedei Lobo dá R$ 2,4 milhões para empresa de Manaus comprar remédios para Humaitá

Compartilhe
Prefeito Dedei Lobo dá R$ 2,4 milhões para empresa de Manaus comprar remédios para Humaitá

Amazonas – O prefeito Dedei Lobo (UB), de Humaitá (distante 591 quilômetros de Manaus), está sendo alvo de uma nova polêmica. Desta vez, moradores do município estão criticando o valor milionários de R$ 2,4 milhões para a empresa Vimed Produtos Hospitalares ser a intermediara que fornecerá medicamentos para a cidade.

A empresa, localizada no bairro Cidade de Deus, em Manaus, atua principalmente no ramo de comércio atacadista de medicamentos e drogas de uso humano. De acordo com informações publicadas no Diário Oficial dos Municípios do Estado do Amazonas (DOM-AM) da última quarta-feira (15), a VIMED foi a vencedora do certame para a realização do fornecimento de medicamentos para a cidade de Humaitá.

A contratação da empresa gerou polêmica, uma vez que o contrato tem um prazo de 12 meses e o seu valor global ultrapassa os R$ 2,4 milhões. Segundo informações divulgadas, o capital social da empresa é de R$ 1,2 milhões e em consulta ao quadro de sócio e administradores, duas pessoas são responsáveis pela empresa, Vanderlan Pereira de Castro e Omar Máximo Barreto de Castro.

O contrato tem início previsto para o dia 29 de junho de 2022 e término em 28 de junho de 2023. Até o momento, não foram divulgadas informações sobre a justificativa do prefeito para a realização do contrato com essa empresa em específico.

A população de Humaitá aguarda mais informações sobre a contratação da empresa e espera transparência do prefeito em relação ao assunto. A expectativa é que o assunto seja debatido nas próximas sessões da câmara municipal.

 


Siga-nos no Google News Portal CM7