Manaus 32º
quarta-feira - 10 de agosto de 2022

Lista de frequência de vereadores causa conflito durante sessão na CMM

Compartilhe

Amazonas – A polêmica sobre a ausência dos vereadores no plenário Adriano Jorge ainda rendeu assunto durante o expediente de terça-feira (9), da Câmara Municipal de Manaus (CMM). Dentre alguns parlamentares faltosos, mais uma vez, o presidente do Parlamento Municipal, David Reis (Avante), não compareceu na Sessão Ordinária.

Alguns justificaram os atrasos e faltas, enquanto outros falaram de sua presença desde o início da Legislatura.

“Quero dizer à Vossa Excelência, vereador Rodrigo Guedes (Republicanos), que no meu primeiro mandato fui 100% presente na Câmara e, sempre que oportuno, utilizei a tribuna. No meu segundo mandato, vereador Rodrigo, se não estive aqui em alguns momentos foi em virtude da minha doença, tive que fazer uma cirurgia. Posso afirmar aqui que Vossa Excelência não é o único 100% presente nesta Casa. Sempre procurarei ser assim. As vezes que não estive, justifiquei. Porque isso não é favor nenhum, é obrigação”, disse Raulzinho (PSDB). 

Parte do discurso do parlamentar foi uma alfinetada no vereador Rodrigo Guedes, que na última segunda-feira (8), afirmou que é o único que tem 100% de presença física na Casa e que renuncia até seu mandato caso seja comprovado que exista outro parlamentar mais assíduo que ele.

Raulzinho ainda explicou sobre sua história de vida e seu comprometimento com as atividades do plenário da Casa Legislativa. 

O 1º vice-presidente Wallace Oliveira (Pros) também aproveitou a ocasião para cutucar Guedes do porque ele não estava presente quando foi chamado para discursar no plenário.

O vereador na hora rebateu alegando que estava dando uma entrevista na frente do plenário, e que não faltou com o seu trabalho.

Wallace também justificou sua ausência do plenário ao dizer que iria representar a CMM em evento externo. Eduardo Alfaia explicou que também representou a Casa Legislativa em pauta do Governo do Estado. 

Já Kennedy Marques (PMN) criticou os vereadores que se ausentam do plenário e nem sequer prestam atenção no discurso dos demais ou apenas registram presença e vão embora. 

“Nós tínhamos apenas 12 pessoas sendo, o quórum de 14. Nós não temos nem quórum para continuar. Vossa Excelência está mostrando que está aqui”, disse Amom Mandel (Cidadania). Ontem, o vereador também reclamou da ausência de vereadores na Sessão em postagem nas redes sociais e, com William Alemão (Cidadania), frisou que a população sabe quem está presente ou não na Casa.  

Enquanto o 3º vice-presidente, Caio André (PSC), finalizava a Sessão para um plenário quase vazio, o painel eletrônico da Casa Legislativa registrava 39 presenças e duas ausências. 

Vitória Supermercados