|
Manaus

‘Ibama corre aqui’: prefeito de Itamarati é denunciado por manter animais silvestres em sua residência; veja

Compartilhe

Amazonas – O prefeito João Campelo de Itamarati, interior do Amazonas, deve receber uma visita nos próximos dias do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) em suas dependências.

Segundo informações, o prefeito estaria mantendo em sua propriedade privada, um grande viveiro de quelônios e outros animais silvestres. Alguns vídeos foram registrados por testemunhas para comprovar as denúncias.

Desta vez, o Ibama vai fiscalizar a propriedade de uma autoridade para mostrar que o órgão trabalha em prol dos animais, e caso seja constatado a presença de animais silvestres sem autorização, medidas serão tomadas.

Veja os vídeos:

Crime ambiental

Os viveiros de quelônios na residência do prefeito João Campelo, é crime e contra as Leis de Proteção Ambiental e de animais silvestres. O caso da capivara Filó, que recentemente ficou conhecido a nivel nacional, provocou uma grande comoção popular e política no Estado, onde o Ibama foi duramente cobrado.

Qualquer outra pessoa menos favorecida a essa altura já teria sido punida por manter animais silvestres em propriedade privada, mas João Campelo usa e abusa do poder de prefeito do município e mantém vários animais dentro de sua casa. Como o mesmo diz ”quem manda é ele e pronto”.

Manter animais silvestres em cativeiro sem autorização é crime. A criação de animais silvestres sem autorização ambiental é crime e está previsto no artigo 29 da Lei 9.605/1998, a Lei de Crimes Ambientais.

Siga-nos no Google News Portal CM7