Manaus 32º
terça-feira - 9 de agosto de 2022

Exclusivo: suposto filho rejeitado de Arthur Neto implorou por abraço do pai antes de morrer sozinho: “Eu só queria ser respeitado”; veja vídeo

Compartilhe

Manaus – Com a família e a estrutura de sua gestão envolvidas na cena de um assassinato, o ex-prefeito de Manaus e pré-candidato ao Senado Federal, Arthur Virgílio Neto (PSDB-AM), não cansa de acumular escândalos ao longo da sua carreira política. Com mais de 40 anos de vida pública, o passado do tucano é mais sujo que ‘pau de galinheiro’ .

Ao contrário das falsas propagandas que a mídia comprada por ele divulga, Arthur Neto sempre fez questão de esconder o caso mais sórdido do seu passado, que foi de nunca ter reconhecido o seu suposto filho biológico chamado Fábio Rogério Trindade Vieira, de 36 anos. Este que, aliás, teria se matado após entrar em uma depressão por ter vivido toda a vida na miséria buscando o reconhecimento do verdadeiro pai.

Rogério moveu por anos várias ações requerendo exames de DNA para que Arthur Neto reconhecesse a paternidade. A mãe de Fábio, dona Ivanilde Ramos de Oliveira, teria trabalhado como empregada doméstica na casa dos pais de Arthur, onde acabou tendo um caso com ele, e o rapaz nasceu fruto deste relacionamento casual.

Após ter sofrido durante toda a vida com a frustração de ser negado pelo próprio pai, Fábio que vivia em uma casa humilde acabou cometendo suicídio e deixando a esposa e cinco filhos. Antes dessa fatalidade, Fábio gravou um vídeo e nele o que mais pediu foi respeito e dignidade.

Veja abaixo:

Caso Flávio Rodrigues

Outro grande destaque da série de mais um escândalo foi o assassinato do engenheiro Flávio Rodrigues dos Santos, ocorrido no dia 29 de setembro de 2019 após uma festa na casa de Alejandro Molina Valeiko, filho de Elisabeth Valeiko e enteado de Arthur. A polícia conta que um grupo de amigos estava na casa de Alejandro bebendo e usando drogas quando houve uma discussão e em seguida agressões com facas, onde o engenheiro foi esfaqueado e morreu. O corpo de Flávio foi encontrado nas proximidades da casa de Alejandro.

O ”Caso Flávio” tomou repercussão nacional e Arthur interviu, pois de acordo com as investigações foi constatado que o policial militar, Elizeu da Paz, que estava lotado na Casa Militar da Prefeitura de Manaus, seria segurança pessoal de Alejandro e estaria dirigindo um carro alugado pela Prefeitura de Manaus. Além deste ponto escandaloso, o ex-prefeito ainda é acusado de usar sua influência na sociedade para calar a imprensa e fazer juízes desistirem do caso, tudo para que a justiça nunca seja feita.

Vitória Supermercados