Manaus 32º
terça-feira - 26 de julho de 2022

‘Desespero’: Arthur Virgílio tenta censurar Moises Dutra, jornalista que cobra justiça ao reviver ‘Caso Flávio’

Compartilhe
'Desespero': Arthur Virgílio tenta censurar Moises Dutra, jornalista que cobra justiça ao reviver 'Caso Flávio'

Manaus – O pré-candidato ao senado Arthur Virgílio Neto (PSDB) entrou com processo para censurar o jornalista Moises Dutra, editor-chefe do Portal IN9, após o comunicador reviver o caso do Engenheiro Flávio Rodrigues, assassinado em 2019 em circunstâncias obscuras após uma festa regada a drogas e bebidas alcoólicas na casa de Alejandro Valeiko, entendo de Arthur.

O processo cobra multa diária de R$ 20.000,00 caso vídeo gravado por Moises Dutra: “FATOS E RESPOSTAS DIVERGENTES QUE NÃO FAZEM JUSTIÇA AO ENGENHEIRO ASSASSINADO” continue no ar.

Mas o que tinha no vídeo que tanto incomoda Arthur ? 

Moises Dutra revisa a ‘reconstituição oficial’ e questiona as divergências do laudo pericial em relação à narrativa divulgada pelos envolvidos no caso, entre eles Eliseu da Paz, PM que trabalhou na Casa Civil e foi realocado para servir a família do ex-prefeito Arthur Virgílio, e também de Mayk Parede, lutador de MMA e próximo de Elizeu da Paz, que assumiu a responsabilidade pela morte do engenheiro sobre condições de ameaça e benefício financeiro, conforme depoimento da familiar Edinelma dos Santos Pontes.

Improbidade Administrativa

Além disso, Dutra relembra que Arthur deveria ter sido investigado por improbidade administrativa quanto à questão de Elizeu da Paz, que foi lotado na Casa Militar e acautelava veículo Corolla, de placa PHY-8178, que era oficial da prefeitura segundo o delegado que esteve das investigações inicias do caso e era lotado no 19º DIP, Aldeney Góes. A cobrança pela instauração do ato de improbidade junto ao MP só veio acontecer em setembro de 2020, quase um ano após o crime, com evidências claras da cúpula ligada ao ex-prefeito abafar o caso.


Leia também:
Jornalista Moisés Dutra revive “Caso Flávio” e mostra as contradições da “versão oficial” ao lado da família de engenheiro

 

Vitória Supermercados