Manaus 32º
quarta-feira - 16 de março de 2022

Arthur Neto puxa o tapete de Plínio Valério e continua no comando do PSDB

Compartilhe

Manaus — O Partido Social Democrático Brasileiro (PSDB), vive um dos seus piores momentos no Amazonas, tudo começou com anúncio feito pelo ex- prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto. Ele revelou que o partido teria como novo filiado e candidato ao governo do estado, Amazonino Mendes e acabou rachando o ‘ninho tucano’.

No mesmo dia que Amazonino foi anunciado que disputaria a eleição pelo partido, outro nome de destaque se colocou também como candidato ao governo, estamos falando do senador Plínio Valério, eleito em 2018 pelo próprio PSDB. A declaração de Plínio não agradou nenhum pouco Arthur Neto. 

Em entrevista a uma emissora local, o senador Plínio Valério, afirmou que não irá desistir de sua candidatura e como flamenguista fez ate uma aposta com Arthur:

 “Se Amazonino se filiar ao PSDB e for candidato vestirei a camisa do Vasco da Gama. Não há nenhuma chance de Amazonino ser o candidato do PSDB, respeito Artur Neto, somos amigos e temos as nossas diferenças, mas ele foi ex senador, ex ministro, ex -prefeito, e eu estou como senador, poderia muito bem ter ido buscar e reivindicar a presidência regional do partido, mas não o fiz, por respeito a história politica de Arthur, mas agora não dar” declarou. 

Na mesma entrevista, o senador Plínio Valério disse que há cinco meses ja estava fazendo o anúncio a sua disposição para disputar o governo do Amazonas.

Não conformado com a decisão do senador, Arthur Neto foi buscar as ‘benção e chorar’ no colo de João Doria, pré-candidato a presidência da república, para poder apresentar os candidatos às eleições em outubro.

Vitória Supermercados