Brasília Amapá |
Manaus

Veja vídeo: Delegado dá tap4 na cara de uma mulher na frente de policiais, após acidente de trânsito

Compartilhe

Brasil- Um delegado da Polícia Civil foi filmado agredindo uma mulher em confusão após acidente de trânsito na cidade de Aurora, na região do Cariri, no interior do Ceará. Em vídeo registrado por testemunhas, Paulo Hernesto Pereira Tavares dá um tapa em uma das mulheres presentes no tumulto, que aconteceu na madrugada deste sábado (11). O governador do Ceará determinou que ele seja afastado imediatamente do cargo.

Em publicação no Diário Oficial do Estado neste sábado, portaria assinada pela Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos da Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD) oficializa o afastamento preventivo e menciona suspeita de que delegado teria perdido controle do carro quando tentava atropelar um adolescente, detalhando ainda que ele se recusou a realizar teste de bafômetro.

Veja vídeo:

Paulo Hernesto atuava como delegado nas cidades de Aurora e Barro. Ele se envolveu em acidente de trânsito e passou a discutir com outras pessoas presentes no local. Conforme apurações iniciais da Polícia, ele estaria perseguindo um adolescente e tentava atropelá-lo antes de subir a calçada com o carro e bater em uma árvore e no muro da residência.

Na sequência, ele se envolveu em uma briga com moradores que estavam no local. Enquanto era filmado por testemunhas, ele agrediu uma das mulheres presentes com um tapa. Ainda conforme a apuração que baseou o seu afastamento, ele aparentava estar embriagado nesse momento.

Policiais militares da Força Tática e do Batalhão de Rodas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) estavam presentes e tentaram acalmar os ânimos, mas não intervieram diretamente depois da agressão.

Após dar o tapa na mulher, Paulo Hernesto ainda proferiu vários xingamentos em direção à vítima e a um homem, que se identificou como tio dela. O homem questionou o delegado sobre a agressão. No vídeo, é possível ver que os policiais tentam evitar que o delegado e o tio da mulher se aproximem.

Uma terceira pessoa, não identificada, acompanhava o delegado e teria tentado agredir os policiais militares presentes, sendo algemada e conduzida à Delegacia Regional de Brejo Santo.

Antes de ser conduzido à delegacia, Paulo Hernesto ainda foi levado para o posto da Polícia Rodoviária Federal para realizar o teste do bafômetro. Ele se recusou a realizar o exame, mas teria sido filmado pelos policiais afirmando que tinha bebido.

Em nota, a Polícia Civil do Estado do Ceará informou que repudia os fatos ocorridos, afirmando que eles “não condizem com as diretrizes da instituição”. Segundo a nota, o delegado-geral Márcio Gutierrez determinou apuração do caso pela Assessoria de Apuração de Transgressões Disciplinares da Polícia Civil.

A Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos da Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD) também determinou instauração imediata de procedimento disciplinar para devida apuração. O procedimento está em andamento na Delegacia Municipal de Brejo Santo.

Siga-nos no Google News Portal CM7