Brasília Amapá |
Manaus

“Trabalho que durava 15 dias, hoje é executado em um dia e meio”, diz produtora rural no Amazonas

Compartilhe
"Trabalho que durava 15 dias, hoje é executado em um dia e meio", diz produtora rural no Amazonas

Amazonas – O trabalho que anteriormente era executado em cerca de 15 dias, hoje é realizado em um dia e meio. Esse é o relato da produtora rural Maria do Socorro, 56, da Associação Comunitária Agropecuária do Ramal do Janauari (Acarj), do município de Iranduba (a 27 quilômetros de Manaus), contemplada no edital 002/2021 do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS).

Ao lado do esposo Natan Santana, a agricultora realiza o cultivo da fruta pitaya e afirma que, em governos passados, o setor rural recebia apenas materiais como carrinhos de mão e enxadas, insuficientes para um bom desempenho em campo.

Anteriormente, no edital 002/2021, a Acarj foi contemplada com um montante de R$ 199.555,00, destinados para a aquisição de um trator com enxada rotativa, um arador, entre outros materiais permanentes.

“Quando nós pegamos essa associação, nos organizamos com a intenção de entrar no edital do Governo. Para nossa glória foi um sucesso, não somente entramos, como fomos contemplados”, celebrou a produtora rural.

Por meio de editais, produtores rurais de todo o Amazonas passaram a ser contemplados com máquinas de última geração que, além de reduzirem a carga de trabalho, proporcionam mais qualidade de vida ao trabalhador.

“Hoje, nós temos um trator com enxada aradora, rotativa, calcariador, todos os materiais que fazem com que o homem trabalhe menos e tenha mais qualidade de vida, coisa que o agricultor não tinha. Nós precisávamos de algo maior, melhor e isso o Governo atual nos deu”, reforçou.

Balanço

Nos últimos quatro anos, o Governo do Estado liberou mais de R$ 45,2 milhões por meio de editais para o setor primário. O montante alcançou 263 termos de fomento para associações e cooperativas do segmento, beneficiando diretamente 31,6 mil produtores rurais.

O FPS expandiu, ainda, o alcance da iniciativa para mais cidades do interior do Amazonas. Em 2018, apenas 23 municípios eram contemplados com recursos do fundo, já na atual gestão, o número subiu para 57, o que representa um aumento de 147,82%, reforçando o compromisso do Estado com os trabalhadores do campo.


Siga-nos no Google News Portal CM7