Brasília Amapá |
Manaus

Urgente: ‘PL da Globo’ é retirado de pauta da Câmara dos Deputados; veja vídeos

Compartilhe

Brasil – A pressão popular funcionou. O “PL da Globo”, como ficou conhecido, foi retirado de pauta pela presidência da Câmara após um embate da direita contra o projeto de Lei.

Nas redes sociais, deputados comemoraram a decisão da casa: “O PL da Globo (PL 8889/2017) foi retirado de pauta. Seguiremos fazendo pressão para que não seja aprovado.”

Entenda a ‘PL da Globo’

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), incluiu na pauta desta terça-feira (14) um projeto de lei que estabelece uma taxa para as plataformas de streaming e obriga as empresas provedoras de serviço de televisão online a disponibilizar o sinal da TV Câmara e TV Senado.

Essa proposta também estabelece que Netflix, Amazon Prime, entre outras plataformas de streaming sejam obrigadas a disponibilizar filmes nacionais em seu catálogo.

Pelo texto, 2% a 20% do total de horas do catálogo de filmes e séries ofertado pelas plataformas devem ser obrigatoriamente de títulos produzidos por produtora brasileira, sendo 50% desse percentual de obras de produtora brasileira independente.

Além disso, o projeto institui contribuição progressiva das empresas para a Condecine, iniciando em 0% para as empresas com receita bruta anual até R$ 3,6 milhões e tendo como limite 4% para as com receita bruta anual acima de R$ 70 milhões.

O texto fixa ainda que 30% do valor recolhido serão destinados a produtoras brasileiras estabelecidas nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

Ainda segundo a proposta, as empresas poderão descontar até 30% do valor devido à Condecine para a aquisição de direitos sobre obras brasileiras de produção independente ou para projetos de produção ou co-produção dessas obras.

Para a oposição ao governo Lula, a proposta beneficia diretamente o grupo Globo, que não está passível dessas limitações impostas pela lei.

Veja os vídeos: 


...........

Siga-nos no Google News Portal CM7