Brasília Amapá |
Manaus

Silas Malafaia diz que Lula é “estúpido” após petista chamar crianças fruto de estupr0 de “monstros”; veja vídeo

Compartilhe
Silas Malafaia diz que Lula é “estúpido” após petista chamar crianças fruto de estupr0 de "monstros"; veja vídeo

Brasil – Nesta quarta-feira (19/6), o pastor Silas Malafaia participou de uma manifestação organizada pelas frentes evangélica e católica na Câmara dos Deputados sobre o projeto de lei relacionado ao aborto. Durante o evento, Malafaia criticou duramente a recente declaração do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que se referiu a crianças nascidas de estupro como “monstros”.

“Eu fiquei vendo o Lula ontem dizer que o que nasce é um monstro. Monstro é esse estúpido que não sabe o que está falando. Aquilo é um ser humano, que monstro? Presidente da República… E a minha indignação é ver um cara daquele falar sobre estuprador e ver a esquerda falar, quando eles protegem”, disparou Malafaia.

A indignação do pastor ocorreu no contexto de uma discussão acalorada sobre o projeto de lei do aborto, apresentado pelo deputado Sóstenes Cavalcante (PL-RJ). Malafaia criticou a postura do presidente e ressaltou a necessidade de debates mais profundos sobre o tema. Ele também mencionou que, após o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), retirar a urgência para a votação, o projeto passará por um debate mais amplo.

Sóstenes Cavalcante Defende Projeto de Lei

O deputado Sóstenes Cavalcante, autor do projeto que equipara o aborto após a 22ª semana de gestação ao crime de homicídio, também se pronunciou durante a manifestação. Ele enfatizou que não abrirá mão do “cerne do projeto”, embora reconheça que o texto poderá passar por ajustes.

“O projeto pode ser amadurecido. Contribuições para enfrentar os estupradores com mais pena, estamos dispostos a cumprir e [fazer] ajustes no texto. Nunca vi um projeto de lei entrar nesta Casa [Câmara] e sair na segunda Casa [Senado] igual entrou”, afirmou Cavalcante.

Reação dos Evangélicos

A manifestação também abordou a troca de comando na Frente Parlamentar Evangélica (FPE). Os líderes evangélicos reafirmaram seu compromisso com a defesa da vida e a luta contra o aborto. Malafaia e outros membros da FPE destacaram a importância de discutir o projeto de forma detalhada e com a participação de diversas opiniões.

 


Siga-nos no Google News Portal CM7