Manaus 32º
quinta-feira - 21 de julho de 2022

Responsável “pelo maior esquema de assalto”, agora finge ser santo, afirma Bolsonaro sobre Lula

Compartilhe

Brasil – O presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou na manhã desta quinta-feira (21), que se orgulha em ser considerado antagônico do ex-presidente Lula (PT), a quem considerou como responsável “pelo maior esquema de assalto” do Brasil.

“Divergir é discordar de perspectivas, partindo do princípio de que desejamos a mesma coisa. Ser considerado antagônico de um corrupto condenado, responsável pelo maior esquema de assalto da história do país, cuja conta o povo está pagando até hoje, pra mim é motivo de orgulho”, publicou Bolsonaro em sua conta no Twitter.

Na quarta-feira (20), Lula havia publicado na mesma rede social o fato das pessoas estranharem a aliança com o ex-governador Geraldo Alckmin (PSB) para disputar as eleições deste ano. No twitter, o líder petista afirmou ser preciso “juntar com os divergentes para derrotar os antagônicos”.

“Muita gente estranha minha aliança com o Alckmin. Eu li em um livro do Paulo Freire que a gente tem que juntar os divergentes para derrotar os antagônicos. E é isso que vocês precisam saber. Nós vamos consertar esse país”, revelou.

Por isso, a publicação de Jair Bolsonaro hoje pode ser vista como uma resposta ao ex-presidente. Inclusive, o mandatário está repostando nas redes sociais vídeos antigos onde Alckmin ataca Lula e o chama de criminoso e responsável por “quebrar o país”.

Veja vídeo 

Vitória Supermercados