Manaus 32º
sexta-feira - 22 de julho de 2022

Rasteiras da política: Cantora Anitta se torna ‘cabo eleitoral’ de Bolsonaro nas redes sociais; saiba mais

Compartilhe

Brasil – “Este ano, estou com Lula, e, quem quiser minha ajuda pra (sic) fazer ele bombar aqui na internet, Tik Tok, Twitter, Instagram é só me pedir que (sic) estando ao meu alcance e não sendo contra lei eleitoral eu fare (sic)’, escreveu a cantora Anitta, em uma postagem publicada no Twitter, em 11 de julho.

Desde essa data, contudo, é o presidente Jair Bolsonaro que tem bombado nas redes sociais. Os dados constam em um levantamento inédito feito por pesquisadores da PUC-RJ, da UFF e da UFPR com base em conteúdos publicados no TikTok, Youtube e Facebook na semana passada.

Publicada na quinta-feira 21, a pesquisa comparou vídeos protagonizados pelos presidenciáveis nas três plataformas e turbinados em audiência por seus admiradores.

Liderando as interações, Bolsonaro conquistou pouco mais de 7 milhões de visualizações no TikTok, em sua própria conta, contra cerca de 300 mil de Lula — uma vantagem 25 vezes maior entre apoiadores do presidente. A disparidade também foi expressiva em outros índices, sempre em desfavor de Lula e com benefícios para Bolsonaro: nas curtidas (554 mil ante 45 mil); nos compartilhamentos (45 mil contra 3 mil) e nos comentários (16 mil e 2 mil).

O mesmo ocorreu no Youtube. Um vídeo publicado pela Jovem Pan, repercutindo as falas de Bolsonaro sobre Anitta, teve um milhão de visualizações. Lula foi visto 95 mil vezes ao falar da cantora em seu canal na plataforma. Bolsonaristas deixaram 86 mil curtidas e 5,4 mil comentários. Lulistas conseguiram cinco mil likes e mil mensagens.

No Facebook, o efeito foi semelhante, com menor diferença entre os dois grupos. Um trecho dos comentários de Bolsonaro, publicado pelo deputado federal Nelson Barbudo (PL-MT), teve pouco mais de 480 mil visualizações e 20 mil comentários. Na página oficial de Lula, a “aliança” com Anitta teve 403 mil views e 11 mil mensagens dos usuários.

Cabo eleitoral de Bolsonaro

Lula comemorou o suporte de Anitta e disse que precisará “aprender alguns passinhos”. Já Bolsonaro concedeu uma entrevista à CNN Brasil em que ironizou a artista por defender a legalização da maconha (e sugerir que levaria a proposta a Lula) e ter afirmado que ocuparia o lugar de Paulo Guedes no Ministério da Economia.

Com informações Revista Oeste 

Vitória Supermercados