Brasília Amapá |
Manaus

Prefeitura de Itapiranga esconde valor do contrato para show de Marília Tavares

Compartilhe
Prefeitura de Itapiranga esconde valor do contrato para show de Marília Tavares

Amazonas – O município de Itapiranga, localizado a 339 quilômetros de Manaus, está envolto em polêmica após omitir o valor do contrato para o show da renomada cantora Marília Tavares, que se apresentará no evento de comemoração do 116º aniversário da cidade. A contratação foi oficializada por meio do Extrato de Inexigibilidade de Licitação nº 005/2024, assinado no dia 8 de maio e publicado no diário oficial da Associação Amazonense de Municípios (AAM).

O documento leva a assinatura do ex-secretário Municipal de Finanças, Domingos Carvalho de Sousa, mas curiosamente não revela o valor do contrato.

A ausência dessa informação chamou a atenção da população e de setores da imprensa local, especialmente considerando que o cachê atual da cantora Marília Tavares gira em torno de R$ 200.000,00. A falta de transparência em um contrato de tal magnitude levanta questionamentos sobre a gestão dos recursos públicos e a conduta da administração municipal.

Bastidores

Nos bastidores da política local, a prefeita Denise Lima (MDB), que está em seu segundo mandato consecutivo e, portanto, não pode concorrer às próximas eleições municipais, apoia um aliado político na disputa pela prefeitura. O cenário eleitoral de 2024 em Itapiranga se mostra peculiar e indefinido, com quatro pré-candidatos confirmados: o ex-prefeito Nadiel Serrão (sem partido), o atual secretário de Finanças João Luiz (sem partido), o atual vice-prefeito Miguel Almeida (MDB) e o policial civil Marcelo Cruz (sem partido).


Siga-nos no Google News Portal CM7