Brasília Amapá |
Manaus

Prefeito vai a hospital e flagra médicos deitados enquanto pacientes esperavam atendimento; veja vídeo

Compartilhe
Prefeito vai a hospital e flagra médicos deitados enquanto pacientes esperavam atendimento; veja vídeo

Brasil – Um vídeo polêmico envolvendo o prefeito de Piedade, São Paulo, Geraldo Pinto de Camargo Filho (MDB), movimentou as redes sociais durante a semana. Nas imagens, feitas no dia 16 de junho, o prefeito surpreende um grupo de médicos descansando em um hospital da cidade enquanto pacientes aguardavam atendimento. O prefeito alegou que os profissionais estavam “dormindo”, mas as imagens não confirmam essa acusação.

No vídeo, que rapidamente se espalhou pela internet, Geraldo Pinto de Camargo Filho aparece visivelmente indignado com a situação. Ele critica veementemente os médicos, ressaltando que a prefeitura tem mantido os pagamentos da saúde em dia. “Enquanto a prefeitura cumpre com suas obrigações, vemos essa falta de compromisso dos profissionais. Isso é inaceitável!”, disse o prefeito no vídeo.

Geraldo também sugeriu que poderia haver motivações políticas por trás da situação no hospital. “Não podemos descartar que há interesses políticos tentando prejudicar a administração municipal”, afirmou.

Por outro lado, a Santa Casa de Piedade, responsável pelo hospital, emitiu uma nota esclarecendo que os médicos estavam em pausa para alimentação, um direito garantido a todos os plantonistas. “Os profissionais têm direito a pausas durante seus plantões para alimentação e descanso, conforme as normas trabalhistas. As acusações do prefeito são infundadas e não refletem a realidade dos fatos”, afirmou a instituição.

A Santa Casa também aproveitou para pontuar que a prefeitura não realiza reajustes financeiros para a instituição desde 2022, o que dificulta a manutenção dos serviços de saúde. “Apesar dos desafios financeiros e da falta de reajuste, nossos profissionais continuam dedicados ao atendimento da população”, destacou a nota.

O episódio gerou grande repercussão na cidade e nas redes sociais, com opiniões divididas. Muitos cidadãos expressaram apoio ao prefeito, defendendo que ele estava apenas zelando pelo bom atendimento à população. “O prefeito está certo em cobrar eficiência e dedicação dos médicos. Eles estão lá para cuidar dos pacientes, não para descansar”, comentou um morador.

Por outro lado, diversos internautas e profissionais de saúde criticaram a postura do prefeito, considerando-a inadequada e desrespeitosa. “Médicos também são seres humanos e precisam de pausas para manter a qualidade do atendimento. A atitude do prefeito foi exagerada e injusta”, opinou um usuário nas redes sociais.


Siga-nos no Google News Portal CM7