Brasília Amapá |
Manaus

Pesquisa do Instituto Paraná revela favorito para suceder Bolsonaro

Compartilhe

Brasil – Uma pesquisa divulgada pelo Instituto Paraná nesta quinta-feira (25) revela que as opiniões dos entrevistados sobre quem poderia ser o sucessor do ex-presidente Jair Bolsonaro caso ele se torne inelegível.

O levantamento foi realizado com 2.023 eleitores em 26 estados e no Distrito Federal, entre os dias 16 e 21 de maio.

De acordo com os resultados, a maior parte dos entrevistados acredita que Tarcísio de Freitas, ex-ministro da Infraestrutura e atual governador de São Paulo pelo partido Republicanos, ocuparia o lugar de Bolsonaro no cenário político nacional. Cerca de 25,8% dos participantes da pesquisa responderam que crêem na possibilidade de Freitas ser o sucessor.

A ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro, do partido PL, aparece em segundo lugar na pesquisa, com 14,3% das respostas indicando que ela poderia assumir um papel de destaque na política. Em seguida, o governador de Minas Gerais, Romeu Zema, do partido Novo, recebeu 9,3% das menções, seguido pelo senador Flávio Bolsonaro, também do PL, com 8,2%. O governador do Paraná, Ratinho Júnior, do PSD, obteve 6,8% das respostas.

É importante ressaltar que, devido à margem de erro de 2,2 pontos percentuais da pesquisa, Romeu Zema, Flávio Bolsonaro e Ratinho Júnior estão tecnicamente empatados na preferência dos entrevistados.

A pesquisa revela ainda que 13,3% dos entrevistados acreditam que ninguém irá suceder Jair Bolsonaro, enquanto 22,3% não souberam opinar sobre a questão.

Essa pesquisa traz uma visão interessante sobre as percepções dos eleitores em relação ao futuro político do Brasil caso Jair Bolsonaro seja considerado inelegível. No entanto, é importante ressaltar que a opinião pública pode variar ao longo do tempo, e as circunstâncias políticas podem influenciar na escolha de um sucessor.


...........

Siga-nos no Google News Portal CM7