Manaus 29º
terça-feira - 19 de fevereiro de 2019

“Não existe bolsa-bandido” garante Carlinhos Bessa

Compartilhe

Manaus – O deputado e líder do Governo, Carlinhos Bessa (PV) usou a tribuna do Plenário Ruy Araújo, durante o grande expediente dessa terça-feira (19) para esclarecer a destinação de R$ 500 mil da Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam) para a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap). Segundo o deputado, a verba será utilizada para presos do regime semiaberto investirem em micro e pequenos negócios.

“Precisamos falar a verdade e não ludibriar a população que nos assiste. Não existe bolsa-bandido, existe ressocialização. O convênio é feito desde 2005 e entre os anos de 2017 e 2018, foram destinados R$ 1 milhão por ano. O governador Wilson Lima reduziu em 50% o valor, mas isso não garante a utilização total dos recursos”, disse.

Para o parlamentar, o convênio garante a ressocialização dos detentos a sociedade, geração de renda e uma nova oportunidade para as famílias daqueles que cumpriram a pena e precisam de apoio. “O Governo preparou um estudo técnico para identificar aqueles que serão beneficiados com o empréstimo a ser feito pela Afeam. Não será distribuído R$ 1 de qualquer forma. O empréstimo é para aqueles que querem uma nova vida, longe da criminalidade”, ressaltou.

O deputado salientou, ainda, o investimento que será feito pela Afeam para o interior do Amazonas. “A Afeam está investindo R$ 3 milhões nas calhas do Médio e Alto Solimões para investimento de micro e pequenas empresas da região.

Vitória Supermercados