Brasília Amapá |
Manaus

MPAM investiga suposta ‘troca de favores’ entre prefeito e vice de Rio Preto da Eva

Compartilhe

Amazonas – O Ministério Público do Estado do Amazonas (MPAM) instaurou o Inquérito Civil n° 276.2022.000075 para apurar indícios de improbidade administrativa envolvendo uma suposta troca de favores entre o prefeito Anderson Sousa (PP), e seu vice-prefeito José Dantas de Medeiros Neto, conhecido como “Neto do Baixo Rio”, e a empresa E. M. Leal de Sá. Sendo esta a empresa em questão, que teria vencido licitações duvidosas no município e, segundo o MPAM, os agentes públicos estariam utilizando seus veículos para fins particulares. A decisão foi da promotora de Justiça de Rio Preto da Eva, Ynna Breves.

O inquérito investiga a suposta troca de favores entre o prefeito, o vice-prefeito e a empresa E. M. Leal de Sá. Fontes revelam que a relação entre Sousa e “Neto do Baixo Rio” se deteriorou após a escolha de Socorro Nogueira como sucessora do prefeito, contrariando as expectativas de que o vice seria o candidato. A quebra da paceria ficou evidente nas redes sociais, onde “Neto do Baixo” deletou todas as fotos com Anderson Sousa. A expectativa é que logo se dará início a uma “guerra” política dentro do órgão municipal entre Souza e Medeiros.


Siga-nos no Google News Portal CM7