Manaus 32º
quarta-feira - 13 de abril de 2022

Ministra Cristiane Britto prepara ações de combate à violência contra mulheres e crianças no interior do Amazonas

Compartilhe
Ministra Cristiane Britto

Amazonas – Em visita a capital amazonense para acompanhar o encerramento da capacitação do Programa Criança Protegida, a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Cristiane Britto, em entrevista exclusiva ao Portal CM7 Brasil nesta quarta-feira (13), disse ser prioridade a apresentação de projetos que contemplem a realidade do Amazonas, sobretudo do combate à violência de públicos vulneráveis como mulheres e crianças.

“Eu tive uma reunião muita produtiva com as forças de segurança do Estado do Amazonas, desde secretários até departamentos de polícia em que a nossa preocupação foi entender o mapa de violência da região e a realidade do Amazonas, sobretudo quanto às crianças e mulheres. A partir deste mapa, nós vamos trazer ações efetivas de proteção, investimento e política públicas, principalmente para chegar em crianças e mulheres ribeirinhas no interior do estado”.

Cristiane Britto falou também sobre a adesão do estado ao Pacto Nacional para Redução da Letalidade Infanto-juvenil.

“Vamos apresentar também os nossos projetos que estão em em fase de construção e serão lançados no mês de Maio, com o Maio Laranja, de combate à exploração sexual de nossas crianças, ao qual este tem sido o nosso principal objetivo”, salientou a ministra.

Criança Protegida

O Criança Protegida consiste na capacitação de agentes que integram o Sistema de Garantia de Direitos da Criança e do Adolescente, com o objetivo de fortalecer e aprimorar o atendimento, a assistência e a proteção da criança e do adolescente vítima ou testemunha de violência.

Pacto Nacional

Já o Pacto Nacional tem a proposta de promover a prevenção e o enfrentamento da violência letal contra crianças, adolescentes e jovens mediante a articulação entre o Governo Federal, os estados, o Distrito Federal e os demais atores do Sistema de Garantia dos Direitos do público infanto-juvenil.

Outras ações

Em sua agenda na capital, a ministra acompanhou ainda a inauguração de uma sala de recursos para crianças com deficiência, na Escola Estadual Senador Flávio da Costa Britto, e a oferta do curso de “Enfrentamento à Violência contra as Mulheres: Conceitos, Princípios e Diretrizes”,ministrada pela diretora de Políticas de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres do MMFDH, Geraldine Grace Justa.

O governador Wilson Lima e o secretário nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente do MMFDH, Maurício Cunha, além do secretário de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania, Emerson José Rodrigues e Lima também receberam a ministra e acompanharam os trabalhos.

Vitória Supermercados