Brasília Amapá |
Manaus

Janones tinha outro esquema além da rachadinha, aponta ex-assessor

Compartilhe
Janones tinha outro esquema além da rachadinha, aponta ex-assessor

Brasil – Uma nova polêmica envolvendo o deputado federal André Janones (Avante-MG) veio à tona, com acusações de envolvimento em um esquema de shows milionários promovidos com dinheiro público e sem licitação na cidade de Ituiutaba, seu reduto eleitoral. As revelações foram feitas por Fabrício Ferreira de Oliveira, ex-assessor do congressista, que forneceu informações à Polícia Federal (PF) e à Procuradoria Geral da República (PGR).

Segundo Oliveira, os eventos eram realizados com verba pública destinada à cidade por meio de “emendas Pix”, emendas individuais impositivas através de transferências especiais. Ele alega que um grupo privado ligado ao deputado estaria lucrando com a venda de ingressos e bebidas em shows contratados pela prefeitura, que, por sua vez, era chefiada pela prefeita Leandra Guedes, também do partido Avante e ex-assessora de Janones.

O ex-assessor detalhou que a prefeitura teria contratado atrações musicais renomadas, como Gusttavo Lima, Jorge & Mateus, Alok, Zezé Di Camargo & Luciano e Simone, por valores milionários. Haveria, segundo Oliveira, “fortes indícios de desvio de erário público”, uma vez que o dinheiro destinado aos eventos seria desviado para beneficiar o grupo privado vinculado ao deputado.

Além disso, Oliveira denunciou um esquema de venda de ingressos, alegando que parte do espaço destinado aos eventos era de acesso gratuito, enquanto a outra metade era comercializada como se fosse um camarote. Vale ressaltar que a cobrança por ingressos em eventos pagos com verba pública é proibida.

O inquérito aberto pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux para investigar o caso em 4 de dezembro adiciona mais um capítulo às alegações de irregularidades envolvendo o deputado. Janones nega as acusações e alega ter proposto uma “vaquinha” para ajudar no custeio de dívidas pessoais.

Em resposta ao Metrópoles, tanto a prefeita Leandra Guedes quanto o deputado André Janones negaram veementemente qualquer irregularidade.

Créditos: Metrópoles


...........

Siga-nos no Google News Portal CM7