Brasília Amapá |
Manaus

General Mansur publica ‘Carta Aberta à População’ após ser alvo de operação da PF

Compartilhe
General Mansur publica 'Carta Aberta à População' após ser alvo de operação da PF

Amazonas – Em meio a um cenário de turbulência política e investigações intensas, o General Carlos Alberto Mansur, ex-secretário de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), divulgou uma carta aberta à população nesta quinta-feira (31). A carta surge após sua exoneração do cargo, como resultado da Operação Comboio deflagrada pela Polícia Federal (PF) na última terça-feira (29), que mirou esquemas de extorsão e corrupção na alta cúpula da SSP-AM.

O General Mansur, um militar do Exército Brasileiro que assumiu a pasta de Segurança Pública no governo de Wilson Lima (União Brasil), enfrenta agora sérias acusações decorrentes da referida operação. A ação da PF abalou as estruturas do governo estadual, levando à saída do General do cargo que ocupou por mais de dois anos.

Na carta, o General afirmou com veemência: “Jamais manchei a minha imagem e a do Exército Brasileiro.” Ele também enfatizou os avanços alcançados durante seu período na SSP-AM e agradeceu ao governador Wilson Lima pela oportunidade de servir o Estado nessa função.

O General Mansur destacou que durante sua gestão, buscou manter uma conduta ilibada, fundamentada em princípios de ética, integridade, transparência e justiça. A carta visa reforçar a imagem do ex-secretário, enquanto as acusações de corrupção e extorsão lançadas pela Operação Comboio ainda ecoam nas esferas políticas e sociais do Amazonas.

Veja carta na íntegra:

Transcrição

Carta aberta à população 

Venho a púbico exterar os devidos esclarecimentos à sociedade. Inicialmente, eu quero agradecer ao governador do Estado do Amazonas, pela confiança em mim depositada ao longo de mais de dois anos à frente da Secretaria de Estado de Segurança Pública. Nesse período em que ocupei o cargo de Secretário, atuei com muita dedicação, ética, integridade, comprometimento, transparência, buscando sempre, ampliar a sensação de segurança da população amazonense, a harmonia e a cooperação entre as forças de segurança. O fruto desse trabalho tem se concretizado na redução dos indicadores criminais, principalmente, os crimes de homicidio, em que o Estado do Amazonas apresentou uma das maiores reduções, superando a média nacional, conforme o Anuário Brasileiro de Segurança Pública de 2023. Seguindo essa tendência, o primeiro semestre do ano em curso também apresentou a mesma redução. Outro ponto que quero destacar é o emprego da tecnologia, da gestão, do planejamento, da capacitação, da inovação e da valorização do profissional. Fatores que contribuíram para o alcance dos objetivos e metas estabelecidos no Plano Estadual de Segurança Pública e Defesa Social. Em toda a minha vida pública, como oficial do Exército Brasileiro, cumpri 44 anos e seis meses de extrema dedicação, cheguei aos mais altos postos da instituição, passando por várias funções de direção, chefia e comando, servindo em várias regiões do Brasil, principalmente na Amazônia. També, representei o EB em países como a China, Vietnã, Coréia do Sul, bem como na Guatemala representando o exército brasileiro na Organização das Nações Unidas. Em nenhum desses momentos jamais manchei a minha imagem e a do Exército Brasileiro. Na Segurança Pública também mantive a mesma conduta ilibada, pautando minha gestão na ética, na integridade, na transparência e na justiça. Por fim, diante dos fatos ocorridos nos últimos dias, reafirmo o meu compromisso com a legalidade, levando comigo a consciência tranquila de que dei o meu melhor em prol do sistema de segurança pública do Estado do Amazonas. Acredito na justiça e sei que a verdade virá à tona com a maior brevidade. 

Atenciosamente, General de Divisão R1 Carlos Alberto Mansur


...........

Siga-nos no Google News Portal CM7