Brasília Amapá |
Manaus

Flávio Dino faz visita à favela controlada pelo tráfico no RJ enquanto bandidos queimam o Rio Grande do Norte

Compartilhe
Flávio Dino faz visita à favela controlada pelo tráfico no RJ enquanto bandidos queimam o Rio Grande do Norte

Brasil – O Rio Grande do Norte está sob ataque de traficantes e demais criminosos, mas o ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, não pôs os pés no Estado, mas fez polêmica visita a uma favela controlada por traficantes, no Rio, à qual chegou sem escolta.

Achando tudo isso muito estranho, a Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara, presidida pelo delegado federal e deputado Sanderson (PL-RS), avalia convocar Dino a explicar seu comportamento considerado “incomum”. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Parlamentares da comissão estranham também o fato de o ministro se deslocar à favela para receber de uma ONG um “plano de segurança”.

Para os políticos, o ministro é que deveria receber essas pessoas em seu gabinete, em agenda aberta e pública.

Como é habitual, Flávio Dino reagiu agressivamente: não se explicou e nas redes sociais atribuiu as críticas à “extrema direta”.

Complexo da Maré

Considerada uma das mais perigosas áreas do Brasil, a região é dominada pelo crime organizado. Uma pesquisa realizada pela ONG local Redes Maré, entre 2018 e 2020, mostra que 63% dos moradores temem ser alvejado por balas na região.

A falta de escoltas durante a visita do ministro chamou a atenção do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP). “Vamos convocá-lo na Comissão de Segurança Pública para explicar o nível de envolvimento dele e seu chefe, Lula, com o crime organizado carioca”, declarou, por meio do Twitter.

No complexo, moram cerca de 140 mil habitantes, distribuídos em 16 localidades. Flávio Dino esteve na Favela Nova Holanda, para o lançamento do boletim “Direito à segurança pública na Maré”, publicado anualmente pela ONG local. O evento contou com o apoio da Open Society, do bilionário George Soros.

Com auxílio de informações via Diário do Poder


...........

Siga-nos no Google News Portal CM7