Brasília Amapá |
Manaus

Em ano eleitoral, vereadores Guedes e Carpê divulgam Fake News para prejudicar servidores que precisam de atendimento na Saúde

Compartilhe
Em ano eleitoral, vereadores Guedes e Carpê divulgam Fake News para prejudicar servidores que precisam de atendimento na Saúde

Manaus – O ano de 2024 mal começou e o vereadores Rodrigo Guedes (Podemos) e Capitão Carpê (Republicanos)  já estão protagonizando uma série de acusações falsas e Fake News propagadas pelo blog Radar Amazônico. A denúncia infundada de Guedes afirma que Prefeitura de Manaus está lançando uma licitação de contratação de serviços de plano de saúde para redirecionar à empresa Hapvida, associando-a de maneira caluniosa ao termo “Hapmorte”. As acusações, sem qualquer respaldo, apontam para uma clara estratégia eleitoral dos vereadores, que estão preocupado em não se reeleger.

Rodrigo Guedes está reproduzindo mentiras do blog Radar Amazônico, ao qual possui alinhamento ideológico e financeiro com o vereador. O político também busca mentir e escandalizar os servidores municipais, que hoje sofrem com a defasagem dos serviços de saúde da Manausmed. O vereador Capitão Carpê, também tem “surfado” na postura de “blogueiro” de Rodrigo Guedes para incitar a população ao ódio e violência. Cada vez mais distante das pautas de Segurança Pública e da defesa dos policiais, o vereador tem se envolvido em escândalos após coagir profissionais de saúde de uma maternidade na Rede Municipal.

Leia também: Sindicato dos médicos do AM repudia atitude do Capitão Carpê e cobra punições ao vereador

Transparência e Competição

O aviso de licitação, publicado no Diário Oficial do Município (DOM) na última segunda-feira (8) visa contratar serviços de plano de saúde privado para atender os servidores municipais. A licitação é um processo lícito e transparente, aberto a outras dez empresas que oferecem serviços similares e concorrem em Manaus. Segundo o próprio documento, o pregão será baseado em critérios como atendimento de qualidade de serviços e preço acessível, garantindo o melhor custo-benefício para a população.

A Prefeitura de Manaus busca alternativas para desafogar o Serviço de Assistência à Saúde dos Servidores Públicos do Município de Manaus (Manausmed), que há anos apresenta déficits nos cofres públicos e falha em oferecer uma ampla cobertura. Com mais de 40.569 servidores, a licitação busca proporcionar opções mais eficientes e acessíveis.

Deficiências da Manausmed

É de conhecimento público que a Manausmed enfrenta defasagem, incluindo prejuízos aos cofres públicos e deficiências na prestação de serviços. O reajuste de 4,5% no último ano, necessário para manter os serviços, acabou afetando os salários dos servidores da saúde e educação. Além disso, a Manausmed também já foi alvo do MPAM em 2020 por falta de médicos especialistas e problemas no fornecimento de sondas.

 

 


Siga-nos no Google News Portal CM7