Brasília Amapá |
Manaus

Eleições 2024: Amom Mandel e David Almeida estarão no 2º turno em disputa acirrada, diz Pesquisa Pontual

Compartilhe
Eleições 2024: Amom Mandel e David Almeida estarão no 2º turno em disputa acirrada, diz Pesquisa Pontual

Manaus – Uma nova pesquisa eleitoral divulgada pelo Instituto Pontual Pesquisas nesta quinta-feira (18/4) trouxe à tona um panorama instigante para a corrida eleitoral pela Prefeitura de Manaus nas eleições de 2024. O estudo, que ouviu 1.066 eleitores presencialmente em 63 bairros da capital amazonense entre os dias 12 e 16 de abril, revelou as intenções de voto para os principais pré-candidatos, oferecendo um insight valioso sobre o atual cenário político da cidade.

De acordo com os resultados, o deputado federal Amom Mandel (Cidadania) desponta como o líder nas intenções de voto, com 29,3%, seguido de perto pelo atual prefeito David Almeida (Avante), que alcança 27,5%. Considerando a margem de erro de 3%, ambos seguem tecnicamente empatados. Este cenário aponta para uma possível disputa acirrada em um eventual segundo turno entre os dois candidatos.

Enquanto isso, o deputado federal Capitão Alberto Neto (PL) e o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado Roberto Cidade (União Brasil), encontram-se em um empate técnico na terceira posição, com 9,1% e 9% das intenções de voto, respectivamente.

Outros nomes que figuram na pesquisa são Marcelo Ramos (PT), com 6,2%, Maria do Carmo (NOVO), com 2,3%, e Wilker Barreto (PMN), com 2% das intenções de voto. Vale ressaltar que 7,4% dos entrevistados afirmaram que votariam em branco ou nulo, enquanto 7,2% ainda se encontram indecisos.

Rejeição

Além das intenções de voto, a pesquisa também revelou os índices de rejeição dos pré-candidatos. David Almeida e Marcelo Ramos lideram nesse aspecto, com 26,6% e 17,8%, respectivamente. Por outro lado, Roberto Cidade é o menos rejeitado, com apenas 5,3% de rejeição, seguido por Alberto Neto, com 5,8%.

Cenário ainda pode mudar

Um dado significativo é que 41,5% dos entrevistados admitem que ainda podem mudar seu voto, evidenciando a volatilidade do eleitorado e a importância das estratégias de campanha para conquistar o apoio dos indecisos.

 


...........

Siga-nos no Google News Portal CM7