Manaus 32º
terça-feira - 12 de julho de 2022

Eleições 2022: esquerda se movimenta em Manaus após Lula “selar pacto” com Omar Aziz

Compartilhe
Eleições 2022: esquerda se movimenta em Manaus após Lula "selar pacto" com Omar Aziz

Manaus – Lula está com visita programada para visitar o Amazonas no fim de junho. O líder do PT se reuniu com o senador Omar Aziz (PSD-AM), na manhã desta terça-feira (12) em Brasília, onde trataram sobre as pautas para tentar aumentar em apoio no Norte do País, falando sobre pautas como a manutenção do modelo Zona Franca de Manaus (ZFM).

Segundo as pesquisas mais recentes, Lula e Omar não são os favoritos na região Norte, ao contrário, possuem grande rejeição na capital amazonense por conta dos escândalos de corrupção envolvendo seus nomes, com as operações “Lava Jato” e “Maus Caminhos”, respectivamente. Apesar disso, ambos se articulam estrategicamente para tentar desviar o foco do passado e tentar fortalecer seus nomes nos nichos do interior do Estado, onde a informação demorada a chegar.

Lula e Omar, já se reuniram neste primeiro semestre, inclusive em Manaus, em um encontro rápido e discreto em área restrita do aeroporto internacional Eduardo Gomes, evitando assim as manifestações públicas de desaprovação. Agora, nesta última reunião em Brasília, ambos selaram o pacto entre PT e PSD no Amazonas. Lula já declarou que “Omar Aziz é um grande companheiro” e confirmou que estará junto ao parlamentar na sua disputa pela reeleição ao Senado.

Os deputados federais Sidney Leite e Marcelo Ramos, ambos do PSD, estiveram presentes na reunião, além do presidente estadual do PT-AM, Sinésio Campos. O deputado federal Zé Ricardo e a presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, Gleisi Hoffmann, também participaram do “encontro estratégico” das lideranças do Amazonas com Lula.

Lula e MDB de Braga 

As articulações do PT no Amazonas não terminam por ai. Na próxima segunda-feira, 18 de julho, está marcada uma reunião entre Luiz Inácio Lula da Silva e emedebistas para selar o pacto entre o MDB com o PT em nove estados, entre eles o Amazonas.

Em reunião com o senador Eduardo Braga (MDB-AM), Lula acertou o apoio a sua candidatura ao governo do Amazonas, em uma aliança que incluiu ainda o senador Omar Aziz (PSD-AM), candidato à reeleição. Até agora, PT e MDB já acertaram alianças, além do Amazonas, no Pará, Piauí, Ceará, Alagoas, Pernambuco, Maranhão, Rio Grande do Norte e Bahia. São nove estados em que os caciques do partido –entre eles, Braga, Eunício Oliveira (CE) e Jarbas Vasconcelos (PE)– decidiram que preferem um palanque com Lula do que com Tebet, que hoje tem entre 2% e 4% de intenção de voto nas pesquisas.

 

Vitória Supermercados