Brasília Amapá |
Manaus

Ditador na Venezuela, Maduro ganha ‘sinal verde’ da equipe de Lula para entrar no Brasil

Compartilhe
Ditador na Venezuela, Maduro ganha 'sinal verde' da equipe de Lula para entrar no Brasil

Brasil – O ditador venezuelano Nicolás Maduro irá participar da posse do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva. Maduro deve desembarcar em Brasília no domingo (1), segundo informações do colunista Lauro Jardim.

A medida contra a entrada de Maduro foi publicada em agosto de 2019 pelo ex-ministro da Justiça, Sergio Moro. A nova portaria revogando a proibição foi assinada pelo ministro Ciro Nogueira.

A rejeição do Palácio do Planalto em aceitar revogar a portaria levou o governo eleito a explicar a situação para Maduro que, em conversas reservadas, indicou que entendia a situação. Lula, porém, queria toda a América do Sul reunida em Brasília, num gesto simbólico da retomada do processo de integração regional.

Mas, nesta quinta-feira, o governo eleito recebeu uma sinalização que sobre o lançamento de uma portaria revogando a proibição, o que permitiria em tese o desembarque de Maduro na posse.

Fontes diplomáticas, porém, indicaram que ainda vão aguardar até esta sexta-feira para ter certeza de que a portaria será publicada no Diário Oficial. Mesmo se for, fontes venezuelanas apontaram que uma viagem de Maduro não estaria assegurada. Um dos obstáculos seria a questão de segurança.

Uma opção seria o envio de uma delegação chefiada pela vice-presidência. Mas Caracas já foi alertada que uma brecha legal poderá ser estabelecida para a chegada de Maduro.


Siga-nos no Google News Portal CM7