Manaus 35º
quinta-feira - 4 de agosto de 2022

Com a confirmação de Menezes como candidato majoritário ao Senado, Chico Preto afirma que vai “refletir posicionamento na eleição”

Compartilhe
Com a confirmação de Menezes como candidato majoritário, Chico Preto recua da disputa ao senado

Amazonas – Chico Preto, ex-vereador de Manaus, publicou uma mensagem misteriosa em suas redes sociais ao qual muitos interpretaram como “desistência” ao senado. O motivo é que pelo arco de aliança formado pelos partidos Avante, União Brasil e PL, em torno do governador Wilson Lima, apenas um candidato ao senado terá sua candidatura majoritariamente apoiada, sendo este Coronel Menezes (PL).

Convenção do União Brasil 

Com a convenção do União Brasil, que ocorreu nesta quinta feira (4), em aliança com o Avante, ficou definido, de fato, que o candidato majoritário ao Senado é Menezes e que uma segunda candidatura não aparece como canônica na chapa.

Durante a convenção, Menezes agradeceu pela oportunidade de ser o candidato ao Senado deste arco de alianças em apoio a Wilson Lima.

Outro problema é que lançar dois candidatos ao senado no mesmo nicho apenas dividiria votos e prejudicaria aliança firmada entre a coligação, podendo eleger um adversário comum entre Chico Preto e Menezes à única vaga disponível no senado Federal.

Redes sociais

Mais cedo, Chico Preto também postou em suas redes sociais com tom reflexivo. A mensagem não deixava claro a mudança de decisão até a convenção. No entanto, ele agradece ao apoio do prefeito David Almeida e também afirma que afirma que está repensando sua vida política junto à família. Com exclusividade ao Portal e TV CM7, Chico contou que o senado ainda é o seu propósito e que setores da imprensa interpretam de acordo com a conveniência. Ele afirmou ainda que segunda-feira (8) deverá revelar a decisão.

Outra possibilidade, ainda mais segura para a coligação, é que Chico Preto defina disputa para uma vaga à deputado Estadual, ao qual possui grande possibilidade de ser eleito, ou à candidatura na vaga Federal, um pouco mais disputada. A decisão deve ser tomada e revelada até o dia 5 de agosto.

Vitória Supermercados