Brasília Amapá |
Manaus

Capitão Carpê rebate acusação de envolvimento em esquema de Rachadinha: ‘Absurdo!’; veja vídeo

Compartilhe

Manaus – O vereador de Manaus, Capitão Carpê Andrade, está no centro de uma polêmica após vir a tona a divulgação de um dossiê que o acusa de envolvimento em um suposto esquema de rachadinha durante sua campanha eleitoral para deputado estadual em 2022. A prática, conhecida como “desvio de salário de assessor”, consiste na transferência de parte ou totalidade dos vencimentos de servidores para o político responsável, muitas vezes sob acordo prévio.

Em resposta às acusações, Capitão Carpê Andrade utilizou suas redes sociais para se manifestar, refutando veementemente as alegações presentes no dossiê. Segundo o vereador, as informações contidas no documento são apenas uma reprodução dos dados disponíveis em sua prestação de contas no portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

“Isso é mais um absurdo. Esse dossiê nada mais é do que informações que estão na minha prestação de contas no próprio site do TSE. Não tenho nada a dever, tudo que eu faço, faço de forma muito transparente e dentro da legalidade”, declarou o vereador.

Contratos de adesão ao Serviço Voluntário

Carpê Andrade explicou que as pessoas que trabalharam em sua campanha de forma voluntária foram devidamente registradas através de contratos de adesão ao serviço voluntário nas eleições de 2022. Ele ressaltou que essa medida foi adotada para garantir transparência e legalidade em suas atividades políticas.

“Qualquer prestação de contas não é apenas sobre dinheiro, mas também sobre serviços. Na minha campanha, tive o cuidado de solicitar que aqueles que me ajudassem voluntariamente assinassem contratos. É óbvio que meus assessores, que estiveram comigo, também assinaram esses contratos”, esclareceu o vereador.

O valor mencionado nos contratos, segundo Carpê Andrade, é apenas uma estimativa do preço do serviço prestado. “O valor que consta no dossiê é um valor que no próprio contrato de adesão estipula, ou seja, se aquela pessoa fosse receber algo, esse seria o valor estimado. Para o TSE, por mais que seja um valor estimado e voluntário, consta como se fosse o valor do trabalho deles. Isso significa que não entra um centavo e não sai um centavo”, afirmou.

Compromisso com a Transparência

Diante das acusações, o vereador reiterou sua postura de transparência e legalidade em suas atividades políticas, garantindo que todas as suas ações estão em conformidade com a legislação eleitoral e ética pública. Carpê Andrade enfatizou que suas práticas são claras e devidamente registradas, assegurando que não há nada a esconder.

As alegações contra Capitão Carpê Andrade surgem em um momento delicado, e o vereador se mantém firme em sua defesa, afirmando que a verdade prevalecerá. Ele continua a se posicionar publicamente contra as acusações e a defender a integridade de sua campanha e de seu mandato.

Veja o vídeo: 


Siga-nos no Google News Portal CM7