Brasília Amapá |
Manaus

BOMBA: políticos do Amazonas estão criando Portais e Blogs para receber dinheiro público

Compartilhe

Amazonas -A empresária Cileide Moussallem, do Portal CM7 Brasil, trouxe à tona uma prática preocupante no cenário político do Amazonas: políticos locais estão utilizando portais e blogs de sua propriedade para receber recursos de publicidade institucional de órgãos públicos.

A revelação ocorreu durante o programa de rádio CM7 no Ar, no último sábado (10), levantando suspeitas sobre a transparência e a imparcialidade desses veículos de comunicação, que muitas vezes são usados para interesses políticos e pessoais.

Moussallem prometeu divulgar uma lista com os nomes de todos os políticos proprietários envolvidos nessa prática.

No Amazonas, a presença de políticos como donos de portais e blogs tem se tornado uma realidade preocupante. Segundo a empresária, mais de 1 mil dessas mídias operam em Manaus, e a maioria delas sem estrutura e sem profissionais capacitados para exercer o jornalismo.

Muitos desses portais e blogs, controlados por políticos sem profissionais qualificados, parecem terem sido abertos apenas com o propósito de direcionar recursos públicos para fins particulares.

Essa prática de utilizar o dinheiro público para financiar esses veículos de comunicação levanta sérias questões éticas e de imparcialidade na prestação de informações à população. Ao receber verbas publicitárias de órgãos públicos, os políticos proprietários dessas mídias podem estar buscando benefícios pessoais e políticos, comprometendo a integridade da comunicação transparente e imparcial.

MEDIDAS 

Diante dessa denúncia preocupante, a Associação Brasileira de Blogs e Portais (ABRABP) irá tomar as providências cabíveis para garantir a transparência e a imparcialidade das mídias em Manaus. O objetivo da presidente da ABRABP, Cileide Moussallem e do vice-presidente, Elcimar Freitas,  é iniciar uma investigação rigorosa sobre a relação entre políticos proprietários de portais e blogs locais e o recebimento de recursos públicos.

Medidas de fiscalização e monitoramento serão implementadas para garantir o cumprimento dessas diretrizes, visando proteger a integridade da comunicação e a confiança do público nas mídias locais.

A ABRABP reitera seu compromisso com a ética jornalística e com o fortalecimento da democracia por meio de uma imprensa livre, justa e imparcial.

Veja o vídeo:

Siga-nos no Google News Portal CM7