Brasília Amapá |
Manaus

Apesar de STF negar autorização, Queiroga faz novo apelo para vacinação contra a poliomielite

Compartilhe

Brasil – Durante evento o alusivo ao Dia Nacional da Vacinação, celebrada no dia 17 de outubro, o ministro da Saúde Marcelo Queiroga reforçou a vacinação da população contra a poliomielite. 

A declaração foi dada nesta segunda-feira (17), na sede da pasta, em Brasília. Para o ministro, a queda da cobertura vacinal contra a doença não é um problema exclusivo do Brasil.

“Precisamos vacinar a população, principalmente nossas crianças. É inaceitável que em pleno século 21 nós tenhamos sofrimento das nossas crianças por doenças que já estão erradicadas há muito tempo”, afirmou.

STF tinha negado autorização

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Alexandre de Moraes, negou novamente um pedido de autorização do governo para a transmissão de um pronunciamento do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, em cadeia de rádio e TV para reforçar a campanha de vacinação de crianças contra a poliomielite no país.

Em agosto, Moraes já havia negado outro pedido no mesmo sentido, afirmando que a transmissão em rede nacional teria intenção “nitidamente político-eleitoral”. No mesmo mês, Fachin também vetou um pronunciamento do ministro sobre o lançamento da campanha de vacinação.

 

Siga-nos no Google News Portal CM7