Brasília Amapá |
Manaus

Alexandre de Moraes proíbe uso de vídeo em que Lula agradece criação do coronavírus

Compartilhe
Alexandre de Moraes proíbe uso de vídeo em que Lula agradece criação do coronavírus

Brasil – O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes, determinou que a campanha de Bolsonaro (PL) deixe de “promover novas manifestações” na televisão e nas redes sociais sobre Lula ter ‘comemorado’ a criação do novo coronavírus.

Em entrevista em maio de 2020, o petista afirmou que “ainda bem” que a natureza criou o “monstro” chamado coronavírus para mostrar que só o estado pode solucionar determinadas crises.

A mesma propaganda veiculada no domingo também dizia que o PT votou contra a ampliação do Auxílio Brasil para R$ 600.

A propaganda divulga informações descontextualizadas e fatos “sabidamente inverídicos”, segundo Moraes.

“A propaganda veiculada pela Coligação Pelo Bem do Brasil e pelo Candidato Jair Messias Bolsonaro, em 16/10/2022, se descola da realidade, por meio de inverdades, fazendo uso de falas gravemente descontextualizadas do candidato Luiz Inácio Lula da Silva, com o intuito de induzir o eleitorado à crença de que o candidato despreza a vida humana, assim como que o Partido dos Trabalhadores teria votado contra um programa de transferência de renda em momento delicado”, disse o presidente do TSE na decisão.


Siga-nos no Google News Portal CM7