Brasília Amapá |
Manaus

Veja momento em que pistoleir0s chegam em moto e execut4m homem na frente da família; CENAS F0RTES

Compartilhe
Veja momento em que pistoleir0s chegam em moto e execut4m homem na frente da família; CENAS F0RTES

Brasil – Um crime revoltante chocou a comunidade do Bairro Jardim Petrópolis, no município de Nobres, no estado de Mato Grosso, na noite do último sábado (17/02). Um homem de 35 anos, foi alvo de uma execução a sangue frio por dois pistoleiros enquanto estava na porta de sua residência, na presença de sua família.

As imagens captadas pelas câmeras de segurança revelam momentos de terror e angústia enquanto uma criança brinca inocentemente com uma bola na rua, possivelmente o filho da vítima. Ao lado, João e sua esposa conversam tranquilamente quando são surpreendidos pela chegada repentina de dois homens em uma motocicleta. Veja vídeo:

 

Sem hesitação, um dos criminosos saca uma arma e dispara vários tiros contra João, que tenta desesperadamente fugir para dentro de casa em busca de proteção. No entanto, o pistoleiro o persegue impiedosamente, disparando pelo menos seis vezes contra ele. Uma cena ainda mais perturbadora é revelada em outra filmagem, mostrando um dos tiros abrindo o crânio da vítima. Veja vídeo:

Quando a polícia chegou ao local, João Pedreiro já estava caído no chão, cercado por familiares e moradores atônitos com a brutalidade do ataque. Apesar dos esforços da equipe médica, João não resistiu aos ferimentos, apresentando um grave ferimento na cabeça, com perda de massa encefálica.

Testemunhas relataram que os assassinos, que estavam em uma motocicleta preta, se aproximaram da vítima armados com uma arma de fogo de grande porte e abriram fogo sem piedade. Mesmo tentando escapar e buscar refúgio pulando o muro da casa vizinha, João foi alcançado e alvejado até a morte.

As autoridades policiais rapidamente isolaram a área do crime e iniciaram uma investigação para encontrar os responsáveis por esse ato covarde. Até o momento, nenhum suspeito foi identificado ou detido, deixando a comunidade em estado de choque e medo.

A Polícia Civil assumiu o caso e está empenhada em esclarecer as circunstâncias desse homicídio hediondo, garantindo que os culpados sejam levados à justiça e que a família de João encontre alguma forma de conforto e justiça diante dessa tragédia inimaginável.


Siga-nos no Google News Portal CM7