Brasília Amapá |
Manaus

Sobrinhos do governador de Roraima são presos por tráfico de drogas

Compartilhe

Brasil – No último fim de semana, Roraima foi palco de uma grande operação policial que culminou com a prisão de dois sobrinhos do governador Antonio Denarium. A ação realizada pela Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) e pelo Departamento de Narcóticos (Denarc) ocorreu na zona oeste de Boa Vista, evidenciando um caso sério de tráfico na região.

Com os suspeitos, as autoridades apreenderam uma quantidade significativa de skunk, também conhecida como “super maconha”, além de diversos armamentos. Tais descobertas levaram os envolvidos a responderem por múltiplos crimes, incluindo tráfico de drogas e associação ao tráfico, bem como posse ilegal de arma de fogo.

Durante a operação, a polícia confiscou 75 quilos de skunk. Este alto volume da droga destaca a gravidade do esquema de tráfico na área. A substância apreendida é conhecida por sua alta potência, o que aumenta sua periculosidade e o interesse de grupos criminosos pelo seu comércio.

Detalhes da Operação Policial Contra o Tráfico

A investigação ganhou corpo após a apreensão inicial de 70 kg de skunk em uma propriedade rural nas proximidades do igarapé Água Boa. As pistas levaram à identificação de Fabrício de Souza Almeida, apontado como principal responsável pela carga.

A ação decisiva ocorreu na última sexta-feira, quando Almeida foi interceptado em um galpão de uma marmoraria no bairro Pintolândia. No local, além da droga, foram encontrados um fuzil e um revólver calibre .357, aumentando a gravidade das acusações contra os envolvidos.

Repercussão do Caso e Posicionamento Oficial

A Delegada-Geral, Darlinda de Moura Viana, enfatizou a importância da operação, destacando que o vínculo dos detidos com o governador não interferiu nas ações policiais. A chefe da polícia civil ressaltou o compromisso do órgão em combater o crime, independentemente do status dos envolidos.

Por sua vez, a assessoria do governador se pronunciou sobre o caso, reafirmando o repúdio de Antonio Denarium a qualquer ato ilícito e ressaltando seu apoio à investigação completa e imparcial dos fatos. “Caso seja confirmada a participação dos acusados nos crimes, que sejam punidos conforme a lei”, concluiu a representação do governador.

Com informações do O Antagonista. 


Siga-nos no Google News Portal CM7