Manaus 27º
quarta-feira - 8 de dezembro de 2021

Religioso é acusado de importunação contra duas mulheres da sua congregação

Compartilhe

Brasil – Um pastor evangélico de 44 anos da igreja Batista do bairro Tijucal em Cuiabá, é suspeito de importunação sexual contra uma mulher de 43 anos e uma adolescente de 17 anos.

Conforme o boletim de ocorrência registrado por uma das vítimas no dia 10 de novembro, as importunações teriam começado no início do ano, quando o pastor enviou mensagens pelas redes sociais, a chamando de linda e dizendo que quando a via tinha vontade de fazer “ceras coisas”.

Segundo a mulher, ela pediu para que o homem parasse, porque não era certo, já que ele era pastor. Antes de comunicar o fato, a mulher disse que no dia 5 de novembro, havia recebido uma mensagem do pastor perguntando se ele havia sido importuno, ela disse que sim, então o homem pediu para que se encontrasse com ele para pedir desculpas pessoalmente.

Consta no relatório que, a mulher não seria a única a ser assediada, segundo ela, uma jovem de 17 anos também foi assediada pelo homem durante um passeio de bicicleta com os membros da igreja, onde o homem a puxou e tentou beijá-la.

Os pais da menina tomaram conhecimento da situação, porém, não foram à delegacia e procuraram o pastor presidente para contar sobre o caso.

Somente após a denúncia da mulher é que a jovem também procurou a Delegacia da Mulher e formalizou a ocorrência contra o mesmo.

A Polícia Civil investiga às duas denúncias.

Vitória Supermercados