Manaus 32º
segunda-feira - 26 de setembro de 2022

PM tenta pedir desculpa após humilhar motoboy e trabalhador recusa: ‘Não quero seu dinheiro, só quero a minha honra’; veja vídeo

Compartilhe

Manaus – Policiais militares foram flagrados humilhando um entregador de delivery em frente a um condomínio, localizado no Parque das Laranjeiras, zona Centro-Sul de Manaus. No vídeo registrado por uma moradora, é possível ver os agentes alterados gritando com o motociclista.

Segundo informações preliminares, tudo teria acontecido porque os policiais tinham pedido para o entregador parar a motocicleta imediatamente e ele não teria atendido ao pedido na hora.

Na ocasião, no momento em que o motociclista para na avenida e tira a habilitação do bolso para apresentar as autoridades, um dos policiais puxa o documento da mão do trabalhador e rasga.

A moradora que registrou o flagrante se identifica como juíza e aparece bem revoltada com a atitude dos policiais.

“Senhor, não tem pessoa que mais apoia a polícia do que eu, mas eu não vou admitir que o senhor faça isso. Bater e rasgar a carteira dele na frente de todo mundo? Isso é inadmissível”, diz a mulher.

Após a repercussão dos vídeos, um áudio do momento da confusão também veio à tona mostrando que os policiais ainda ofereceram dinheiro ao motoboy.

No áudio compartilhado nas redes sociais, o policial militar admite que errou e que estava com problemas pessoais. O rapaz concorda e diz “Eu vi mesmo que o senhor não tá normal. Mas o senhor bateu no cara errado”. O PM ainda pede desculpas e pergunta quanto que ele quer e quanto que a vítima consegue ganhar por dia.

O entregador ainda explica como funciona seu trabalho e quanto ganha, mas não aceita o dinheiro.

“Não, não vou querer dinheiro de vocês não. Tenho saúde pra trabalhar, só quero o que é meu”.

Ainda conforme o áudio, o PM chegou a oferecer R$ 300 pelos “danos causados” ao entregador.

Veja os vídeos:

 

 



Vitória Supermercados